1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Novorizontino e Santos empatam em jogo de seis gols no Paulistão

- Atualizado: 14 Fevereiro 2016 | 00h 41

Resultado reflete com precisão o equilíbrio da partida: 3 a 3

Santos e Novorizontino fizeram um jogo aberto, cheio de chances de gol, neste sábado, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. O resultado final acabou sendo justo e refletindo com precisão o equilíbrio da partida: 3 a 3. 

Sobretudo no segundo tempo, as duas equipes se lançaram ao ataque e o jogo foi bastante movimento. Chamou atenção a postura do Novorizontino, que não se intimidou diante do favoritismo do Santos e buscou jogar de igual para igual.

Santos arranca empate no fim e continua invicto no Paulistão
Santos arranca empate no fim e continua invicto no Paulistão

Desde o início, o jogo foi intenso. Com menos de dez minutos, as duas equipes já haviam criado duas boas chances de abrir o placar. 

O Santos era ligeiramente superior e conseguia manter a posse de bola no ataque por mais tempo. A equipe, no entanto, tinha dificuldade para furar a defesa do Novorizontino. 

O gol só saiu aos 39 minutos. Ricardo Oliveira recebeu o lançamento, avançou pela esquerda e rolou para Gabriel, sem marcação, toca de primeira para o fundo da redes.

No segundo tempo, quem voltou melhor foi o Novorizontino. Logo aos sete minutos veio o merecido empate do time interior. Após o chute rasteiro de Paulinho pela esquerda, a defesa santista cortou mal e Pereira aproveitou para a rede, sem chances para Vanderlei.

O Santos, porém, não deixou que o Novorizontino ficasse em vantagem por muito tempo. Cinco minutos depois, Lucas Lima fez um golaço. O meia driblou três marcadores e bateu colocado de perna direita.

O Novorizontino não se abateu e manteve a sua postura agressiva, sem dar muito espaço para o Santos. A recompensa pela coragem da equipe veio com dois gols em quatro minutos. Aos 22, Fagner recebeu lançamento de Rayllan e bateu alto, na saída do goleiro. Aos 26, Lima arriscou de fora da área. O chute saiu forte e rasteiro, no canto esquerdo de Vanderlei.

O empate do Santos veio em um lance polêmico. Aos 37, o juiz marcou falta em Serginho na entrada da área e os jogadores do Novorizontino reclamaram muito do lance.

Na cobrança, Victor Ferraz bateu com estilo por cima da barreira. O goleiro Anderson se esticou todo, mas não conseguiu evitar o belo gol do lateral.

Santos em 2016
Reprodução|SporTV
Santos

O Santos eliminou o jogo de volta na Copa do Brasil ao fazer 3 a 0 no Galvez-AC

FICHA TÉCNICA

NOVORIZONTINO 3 X 3 SANTOS

NOVORIZONTINO - Anderson; Éder Sciola, Domingues, Jéci e Paulinho; Deda (Fagner), Adriano, Pereira e Rayllan; Wesley (Lima) e Roberto (Cléo Silva). Técnico: Guilherme Alves

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia (Serginho), Renato, Lucas Lima e Patito (Vitor Bueno); Ricardo Oliveira e Gabriel (Neto Berola). Técnico: Dorival Junior

GOLS - Gabriel, aos 39 minutos do primeiro tempo, Pereira, aos sete minutos do segundo tempo, Lucas Lima, aos 12, Fagner, aos 22, Lima, aos 26, e Victor Ferraz, aos 39.

JUIZ - Luiz Vanderlei Martinucho.

CARTÃO AMARELO - Lucas Lima (Santos). 

RENDA - R$ 300.014,00.

PÚBLICO - 8.505 pagantes.

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX