Amanda Perobelli|Estadão
Amanda Perobelli|Estadão

Novos membros do Conselho de Administração vão tomar posse nesta sexta no São Paulo

Raí, Saulo de Castro e Julio Conejero vão iniciar seu trabalho no clube e tomarão decisões sobre a futura diretoria

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

05 Maio 2017 | 07h02

O Conselho de Administração (CA) do São Paulo vai fazer nesta sexta-feira, na hora do almoço, sua primeira reunião com todos os integrantes. Dois dias atrás, os nomes do ex-jogador Raí, do promotor Saulo de Castro Abreu Filho e do administrador Julio Conejero foram aprovados por unanimidade.

Assim, o CA contará com eles, além do presidente Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, seu vice Roberto Natel, José Eduardo Mesquita Pimenta (indicado pelo Conselho Consultivo), e os eleitos Júlio Casares, Sílvio Médici e Adilson Alves Martins, que são conselheiros do São Paulo e foram escolhidos em votação.

A primeira reunião do grupo foi comandada por Leco e a impressão que se teve é que será um conselho bastante proativo, ajudando na gestão do clube. José Eduardo Mesquita Pimenta, que foi opositor do atual mandatário na eleição deste ano, não marcou posição contrária nas pautas e esteve aberto ao diálogo.

Pela formação do CA, Pimenta traz uma visão de ex-presidente e os conselheiros eleitos, curiosamente, são especialistas em áreas distintas. Casares, por exemplo, tem conhecimento grande de marketing enquanto Martins e dá área financeira. No grupo, Raí ajudará como gestor e conhecedor do futebol e os outros trarão suas experiências particulares.

Na reunião desta sexta-feira, que incluirá um almoço entre os participantes, será definido quanto será o valor pago a cada representante independente - Raí, Saulo de Castro e Julio Conejero - por presença em cada reunião. A princípío será um valor baixo, pela realidade financeira do clube, e o próprio participante poderá abrir mão caso não necessite da verba.

Em um primeiro momento, as reuniões serão mais frequentes, por causa das necessidades imediatas da nova gestão. Os novos membros tomarão posse nesta sexta e logo terão de aprovar os executivos escolhidos por Leco para o mandato, bem como seus respectivos salários. Entre os conselheiros independentes, apenas Julio Conejero atua mais diretamente na política do clube. Ele é sócio e pertence a um grupo da situação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.