1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Oswaldo de Oliveira vê elenco santista inferior ao do São Paulo

PAULO FAVERO - O Estado de S. Paulo

24 Agosto 2014 | 19h 58

Treinador nega falta de empenho de sua equipe : 'Queria ter dois jogadores como Robinho, Kaká, Ganso, Pato'

O técnico Oswaldo de Oliveira não pede reforços publicamente para o Santos, mas já vem dando mostras de que o elenco alvinegro não é forte suficiente para brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. Na derrota para o São Paulo por 2 a 1, ele enalteceu a força do elenco adversário.

"O jogo mostra o que aconteceu contra o Fluminense, Internacional, Corinthians, Cruzeiro e de novo contra o São Paulo: nosso time joga bem, cria oportunidades, mas pelo nível do elenco desses times, a gente não consegue vencer. Contra os outros times fizemos o gol, conseguimos nos impor, mas não levamos", reclama o treinador.

Por isso, ele não vê como uma falha do time que precisa ser corrigida. "Acho que é o peso dos adversários também, que não permite que a gente engrene a engate uma sequência de resultados. A gente está tentando de todas as formas conseguir isso também", diz o comandante.

Com gols de Ganso e Pato, São Paulo bate Santos
José Patrício/Estadão

No Morumbi, o São Paulo não teve dificuldades para vencer o Santos por 2 a 1, com boas atuações de Ganso e Pato.

Na temporada, o Santos trouxe Leandro Damião, Robinho, Bruno Uvini e Rildo, entre outros. Mas o treinador ainda não vê o grupo amadurecido a ponto de arrancar pontos dos candidatos ao título. Por isso, ele tenta poupar seus pupilos e garante que não falta vontade para os jogadores quando entram em campo vestindo a camisa do clube.

"Sinceramente, não estou preocupado com espírito, mas sim com qualidade. Queria ter dois jogadores como Robinho, Kaká, Ganso, Pato... Espírito todos eles têm, trabalham à beça, são excelentes profissionais, fazem tudo que a gente manda, mas muitas vezes a gente não consegue e não é por questão de espírito", comenta.