1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Oswaldo diz que foi pego de surpresa com demissão no Santos

Estadão Conteúdo

02 Setembro 2014 | 18h 37

Técnico explica que está acostumado a trabalhar com planejamento a médio e longo prazos nos clubes por onde passa

O técnico Oswaldo de Oliveira confessou que não imaginava que seria demitido do Santos. Ele foi comunicado pela diretoria do clube na tarde desta terça-feira e já se despediu dos jogadores. "Fui pego de surpresa, não esperava. Estou acostumado a trabalhar com planejamento a médio e longo prazos, como aconteceu na maioria dos clubes pelos quais passei", disse o treinador, que comandou a equipe em 44 partidas, com 25 vitórias, nove empates e dez derrotas.

O comandante ficou oito meses à frente do Santos e chegou a ser vice-campeão paulista, perdendo a final para o Ituano na disputa de pênaltis. No Campeonato Brasileiro, o time está em posição intermediária na tabela de classificação. Já na Copa do Brasil o Santos está perto da vaga, pois venceu o Grêmio fora de casa por 2 a 0. "Mesmo em algumas derrotas no Brasileiro, o time se portou bem, sendo até merecedor da vitória. Sentia os jogadores empenhados e tinha a certeza de que a equipe evoluiria ainda mais", comentou.

Ricardo Saibun/Divulgação
Oswaldo é demitido do Santos após oito meses

Oswaldo será substituído por Enderson Moreira, que será apresentado no time da Vila Belmiro nesta quarta-feira. O técnico demitido tinha contrato com o Santos até o final do ano, mas preferiu sair elogiando a postura de seus comandados. "Queria aproveitar para agradecer o comprometimento de cada um deles e de toda a comissão técnica. Foi muito emocionante a despedida no vestiário", concluiu Oswaldo.