Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Oswaldo evita criticar horário de jogo do Palmeiras

Treinador considera vitória sobre o XV como 'muito difícil'

Estadão Conteúdo

15 Março 2015 | 16h05

Depois de ver o Palmeiras sofrer para vencer o XV de Piracicaba por 1 a 0, neste domingo pela manhã, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista, o técnico Oswaldo de Oliveira destacou que "foi um jogo muito difícil" para a equipe alviverde, que com o resultado positivo foi aos 21 pontos na liderança do Grupo C da competição.

"O XV tirou os nossos espaços e fez com que a maioria das jogadas fossem disputadas no meio-campo, antes de chegarmos à área", analisou o treinador, que também evitou criticar o horário incomum definido para o confronto, pois acha que o motivo para a mudança (as manifestações contra a corrupção e o governo de Dilma Rousseff) para as 11 horas foi justo.

"Não gostei da mudança do horário, mas aceito, porque acho que o motivo é muito louvável. Essa reação do nosso povo é muito importante que aconteça. Se tiver que mudar mais jogos de horário por causa disso, vou aceitar e procurar me adaptar. Nosso país vive um momento de transição democrática, que precisa se adaptar, e precisa que nós, o povo, nos sacrifiquemos", ressaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.