Luiz Munhoz/Corte do Olhar
Luiz Munhoz/Corte do Olhar

Palmeiras bate o Grêmio e diminui distância para o Corinthians

Alviverde reduz vantagem do rival provisoriamente com vitória por 3 a 1 sobre gaúchos, fora de casa

Dani Arruda, especial para O Estado de S. Paulo

22 Outubro 2017 | 19h01

O Palmeiras derrotou o Grêmio por 3 a 1, neste domingo, em Porto Alegre e, por ora, reduziu a seis pontos a diferença para o líder Corinthians (59 a 53), restando oito rodadas para o final do Campeonato Brasileiro

+ TEMPO REAL - Grêmio 1 x 3 Palmeiras

+ TABELA - Classificação completa do Brasileirão

Os quatro gols do jogo saíram no segundo tempo: Moisés e Dudu (duas vezes) marcaram para o Palmeiras. Michel descontou para o time gaúcho. O resultado reforça o bom começo de trabalho do técnico interino Alberto Valentim, que segue com aproveitamento de 100%. Desde a saída de Cuca, foram três vitórias: Atlético-GO, Ponte Preta e Grêmio. 

Depois de fazer a sua parte dentro de campo o Palmeiras agora torce contra o Corinthians. Nesta segunda-feira, o rival encara o Botafogo, no Rio de Janeiro. Na 32ª rodada, Corinthians e Palmeiras terão um confronto direto na arena corintiana.

O Grêmio sofreu a quinta derrota dentro do seu estádio. Além do Palmeiras, perdeu para o Corinthians (1 a 0), Avaí (2 a 0), Chapecoense (1 a 0) e Cruzeiro (1 a 0). O Palmeiras chegou a sua sétima vitória como visitante: Bahia (4 a 2), Ponte Preta (2 a 1), Sport (2 a 0), Botafogo (2 a 1), Fluminense (1 a 0) e Atlético-GO (3 a 1). 

O Tricolor gaúcho, aliás, deixou claro que o Campeonato Brasileiro é sua segunda opção. Por isso, o técnico Renato Gaúcho mandou a campo apenas dois titulares: Luan e Michel. O motivo da escalação alternativa é a Copa Libertadores. Quarta-feira, o time enfrenta o Barcelona, em Guaiaquil, pelo primeiro jogo das semifinais. E o objetivo é poupar os jogadores do desgaste físico ou de uma possível lesão.

A valorização da competição internacional em detrimento do Brasileirão também se refletiu nas arquibancadas da Arena. Muitos espaços vazios no confronto direto entre o então vice-líder e terceiro colocado, ambos na busca pelo líder Corinthians.

+ Antero Greco - De novo, a valentia do Palmeiras

+ Palmeiras tenta conter euforia e evita falar sobre o título após nova vitória

Com tantos jogadores suplentes em campo o Grêmio sentiu o entrosamento. Não conseguiu criar boas jogadas ofensivas e não chegou com perigo na primeira etapa. O Palmeiras chegou duas vezes com perigo, já nos minutos finais. 

Aos 45 minutos, Keno recebeu com liberdade pelo lado direito e chutou forte para boa defesa de Paulo Victor. No lance seguinte, Borja recebeu na frente da área e tentou por cobertura. A bola passou com perigo perto da trave.

O segundo tempo começou com um Palmeiras certeiro e arrasador. Logo aos 2 minutos, Dudu acertou um chute de fora da área, a bola desviou em Marcelo Oliveira e entrou no canto esquerdo, abrindo o placar.

Seis minutos depois o alviverde aumentou a vantagem. Borja arriscou de fora da área, Paulo Victor espalmou, Moisés ficou com o rebote e chutou forte, a bola bateu no travessão e foi parar nas redes. 

O Palmeiras ainda marcou o terceiro, novamente com Dudu. Aos 18 minutos, Mayke cruzou da direita, a bola cruzou pela área do Grêmio, menos pelo atacante, que bateu de primeira e marcou seu sexto gol na competição.

No final do jogo o Grêmio diminuiu a desvantagem. Após cruzamento de Luan, a bola ficou dentro da área e Michel acertou o canto direito de Fernando Prass. 

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 x 3 PALMEIRAS

GOLS: Dudu, aos 2 minutos e aos 18; Moisés, aos 8; Michel, aos 33 do 2º tempo.

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura, Rafael Thyere, Bruno Rodrigo (Jaílson) e Marcelo Oliveira; Michel, Kaio, Arroyo (Beto da Silva) e Everton; Luan (Dionathã) e Jael. Técnico: Renato Gaúcho.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Bruno Henrique (Thiago Santos), Tchê Tchê e Moisés (Raphael Veiga); Keno, Dudu e Borja (Deyverson). Técnico: Alberto Valentim.

CARTÕES AMARELOS: Michel, Luan e Bruno Henrique.

JUIZ: Ricardo Marques Ribeiro (MG).

LOCAL: Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.