Palmeiras contrata Donizete e Misso

O Palmeiras anunciou nesta terça-feira a contratação do atacante Donizete e do lateral-esquerdo Misso, ambos do Botafogo do Rio de Janeiro. Os jogadores chegam para ocupar as vagas de Felipe, que retornou ao Vasco, e de Fábio Júnior, punido por um ano por utilização de passaporte falso. O técnico Celso Roth indicou os dois reforços ciente da atual realidade do futebol brasileiro. "Teríamos realizado um sonho se contratássemos o Athirson, o Júnior ou o Roberto Carlos para a lateral, com todo o respeito que os nomes indicados por mim merecem", desabafou o treinador, referindo-se, além de Misso, a Marquinhos, do Goiás e Leandro, do Vitória da Bahia. O treinador elogiou a contratação de Donizete, apesar de o jogador completar 33 anos em outubro. "Ele movimenta-se bem e tem poder de conclusão", definiu Roth. Misso e Donizete assinaram contrato por dois anos e apresentam-se nesta quarta-feira na Academia de Futebol. A participação do empresário carioca Léo Rabello foi decisiva para o desfecho das negociações. Segundo o diretor de Futebol do Palmeiras, Sebastião Lapola, Rabello é procurador de Donizete e intermediou as conversas para a transferência de Misso. No Palmeiras, o meia Lopes e o atacante Tuta, também são representados pelo empresário. Durante o treino desta terça-feira, a baixa no elenco foi o volante Claudecir. Ele se contundiu e deixou o gramado de maca, chorando. Os médicos suspeitam que ele tenha fraturado a região da canela, por estresse. "Ele não dividiu a bola com ninguém, quando estava ao nosso lado, ouvi um estalo e vi que ele caiu sozinho", contou o lateral-direito Arce.

Agencia Estado,

17 Julho 2001 | 18h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.