1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Palmeiras demite o técnico Gilson Kleina após série de maus resultados

Daniel Batista - O Estado de S. Paulo

08 Maio 2014 | 13h 58

Luxemburgo é o primeiro nome da lista para ocupar o cargo

* atualizado às 14h26

SÃO PAULO - O técnico Gilson Kleina deixou o comando do Palmeiras no início desta quinta-feira após reunião da diretoria do clube. A demissão ocorreu pouco mais de 12 horas após a derrota do time para o Sampaio Corrêa por 2 a 1, pela Copa do Brasil. Gilson Kleina estava sendo pressionado deste a derrota do Palmeiras para o Ituano no Campeonato Paulista, eliminando o time da disputa do título.

No começo do Brasileirão, Kleina voltou a amargar derrotas e apresentações ruins no comando da equipe. O Palmeiras sofreu para derrotar o Criciúma na estreia da competição nacional e fracassou diante de Fluminense, em casa, e Flamengo, fora. Toda a confiança que a diretoria palmeirense tinha no treinador se perdeu nessas primeiras rodadas. O tropeço diante do Sampaio Corrêa foi a gota d'água.

Kleina sabia que estava ameaçado no cargo. Tentou manter a tranquilidade, mas perdeu a mão na arrunação do time. A seu favor, o treinador tinha apenas o carinho do elenco, que gostaria que ele continuasse no posto. O presidente Paulo Nobre dará entrevista nesta quinta-feira, às 17h, na Academia de Futebol, para explicar a saída do técnico e comentar dos rumos da equipe na temporada. 

LUXEMBURGO

Vários nomes são comentados como possíveis candidatos a vaga de Kleina. O mais cotado nesse momento é o de Vanderlei Luxemburgo, que até pouco tempo atrás era assunto proibido no Palmeitas, mas que nos últimos dias ganhou força principalmente entre os membros do Conselho de Orientação e Fiscalização (COF). O treinador, desempregado, estaria disposto a receber por contrato de produtividade. O valor fixo do seu salário poderia emperrar a negociação.

A falta de um consenso para assumir o cargo de técnico do Palmeiras faz com que outros nomes sejam comentados no clube. Ney Franco, Dunga e até Doriva, campeão paulista pelo Ituano, são algumas opções sugeridas para o presidente Paulo Nobre, que deve definir o escolhido nos próximos dias.

A queda de Kleina parecia certa após a derrota para o Fluminense, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Aliados do presidente alegavam que era melhor demitir o treinador ainda nas primeiras rodadas do torneio para dar tempo de se recuperar na competição. Mas o dirigente decidiu mantê-lo e nem a vexatória derrota por 4 a 2 para o Flamengo, no fim de semana, foi suficiente para Nobre mudar de ideia.

Três motivos ajudaram a esticar a permanência de Kleina no cargo. A multa rescisório do seu comntrato, já que o Palmeiras terá de pagar três meses de salário; a falta de um nome para ocupar seu lugar; e o fato de os atletas gostarem dele. Para a partida contra o Goiás, sábado, no Pacaembu, o Palmeiras pode ser comandado por algum membro da comissão técnica.

NOTA OFICIAL

Gilson Kleina não é mais o técnico da Sociedade Esportiva Palmeiras. Após reunião na tarde desta quinta-feira (08), a diretoria do Verdão decidiu pela saída do treinador do comando da equipe. Kleina, que estava dirigindo o time alviverde desde setembro de 2012, obteve durante sua passagem pelo clube 56 vitórias, 20 empates e 29 derrotas.

A diretoria do Palmeiras irá se pronunciar sobre o caso às 17h, em entrevista na Academia de Futebol. O treino do time acontecerá normalmente, às 15h30. As coletivas do goleiro Fábio e do volante Renato, previamente marcadas para as 14h30 desta quinta (08), foram canceladas.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo