Marcos Bezerra/Estadão
Marcos Bezerra/Estadão

'Palmeiras entrou desligado', reconhecem jogadores após derrota

Alviverde se distancia do Corinthians, dono da melhor campanha

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

29 Março 2015 | 20h47

O técnico Oswaldo de Oliveira afirma que o Palmeiras não soube se preparar depois da vitória sobre o São Paulo na quarta-feira e, por isso, foi derrotado pelo Red Bull Brasil, por 2 a 0, na noite deste domingo, em Campinas, pelo Campeonato Paulista. "A equipe se deixou levar pelos méritos do outro jogo. Isso deve servir de aprendizado para que a gente se prepare para situações vindouras", afirmou o treinador em entrevista coletiva. 

Os jogadores reconheceram que a equipe entrou desligada. O Red Bull Brasil conseguiu construir a vantagem em 13 minutos. O primeiro gol foi marcado por Lulinha, aos 20, e Fabiano Eller completou aos 33 do primeiro tempo. Nos dois lances, o time da casa conseguiu aproveitar falhas do Palmeiras na troca de passes e no posicionamento. "Não podemos ter essa oscilação de um jogo para outro. Isso deve servir de lição para a gente entrar mais ligado", afirmou o meia Alan Patrick, que entrou no lugar de Robinho no segundo tempo. 

O lateral Zé Roberto, que saiu contundido na metade do segundo tempo, afirma que faltou intensidade. "Faltou um pouco da intensidade do jogo passado. Também faltou aquela pegada do clássico", afirmou Zé Roberto. O jogador revela que fará exames nesta segunda-feira para avaliar a gravidada da lesão. "Eu senti o músculo adutor um pouco pesado e, por precaução, resolvi sair. Vou fazer exames para ver o que aconteceu", disse o capitão palmeirense. 

Mais conteúdo sobre:
Futebol Palmeiras Paulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.