Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras estuda a vinda de novo auxiliar para vaga de Valentim

Clube pode trazer outro profissional para compor a equipe de trabalho, que será chefiada por Roger Machado

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

06 Dezembro 2017 | 07h00

A saída de Alberto Valentim da comissão técnica do Palmeiras não será a última mexida no departamento de futebol antes do início da pré-temporada. O fim da passagem dele, confirmada nesta terça-feira em nota oficial, deve abrir espaço para a vinda de outro profissional para atuar na comissão fixa da equipe, como já fez o clube na virada de 2016 para 2017, quando o próprio Valentim também havia saído.

+ Leila desafia Mustafá no Palmeiras: 'Não tem mais força'

+ Clube quer cinco reforços até o fim do ano

Em janeiro deste ano o Palmeiras trouxe Cláudio Prates para atuar como auxiliar fixo, enquanto Valentim começava o trabalho de técnico no Red Bull. Prates ficou na função até setembro, para aceitar o convite para dirigir o Al Shabab, da Arábia Saudita. Naquela altura do ano, o próprio Valentim já havia retornado ao cargo ao aceitar o convite de Cuca em junho.

Valentim ocupou o cargo de auxiliar fixo de forma ininterrupta entre três temporadas (2014 a 2016), além do seis meses finais neste ano. O Palmeiras lhe ofereceu a oportunidade de continuar no cargo para 2018, porém diante do impasse sobre a aceitação do convite, o clube decidiu por não continuar com Valentim na comissão. O treinador tem como possível destino o Atlético-PR.

Por enquanto a comissão técnica do Palmeiras no próximo ano conta com o treinador recém-contratado, Roger Machado, e os dois auxiliares trazidos por ele, Roberto Ribas e James de Freitas. O possível substituto de Valentim atuaria junto com o trio, porém seria mantido no clube mesmo em caso de uma troca de técnico no futuro.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Alberto Valentim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.