Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras joga nesta quarta sem as duas principais contratações do ano

Equipe pode garantir classificação na Libertadores sem Borja e Felipe Melo em campo na Bolívia

O Estado de S. Paulo

03 Maio 2017 | 07h00

O Palmeiras deve ter na Bolívia, contra o Jorge Wilstermann, nesta quarta-feira, um time titular sem as duas principais contratações para a temporada. O volante Felipe Melo, suspenso, vai dar lugar a Thiago Santos. Já o atacante Borja, deixa o time por opção técnica e será substituído por Willian para o compromisso, válido pela Copa Libertadores.

Os dois foram os reforços mais comemorados pela torcida durante a última janela de contratações. O colombiano, inclusive, deixou o Atlético Nacional, de Medellín, R$ 33 milhões e foi recepcionado por torcedores no aeroporto de Cumbica quando veio ao Brasil. Ele está há quatro jogos sem marcar e ainda não fez gol em partidas da Libertadores. 

Já Felipe Melo tem música da torcida e ganhou o apelido de "pitbull". O volante é um dos mais festejados pelos palmeirenses antes das partidas no Allianz Parque. A ausência em Cochabamba é a primeira das três partidas de suspensão que ele terá de cumprir por se envolver na briga da última semana contra o elenco do Peñarol.

O elenco alviverde viajou à Bolívia sem o zagueiro Edu Dracena e o lateral Zé Roberto, ambos lesionados. Vitor Hugo e Michel Bastos, respectivamente, serão os substitutos. Para se classificar às oitavas de final sem depender de outros resultados o Palmeiras precisa apenas de um empate nas duas rodadas restantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.