Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Palmeiras quer usar estreia na Libertadores para recuperar a paz

Futebol

Cesar Greco|Agência Palmeiras

Esportes

Palmeiras

Palmeiras quer usar estreia na Libertadores para recuperar a paz

Time alviverde visita o River Plate, no Uruguai

0

Daniel Batista,
O Estado de S.Paulo

16 Fevereiro 2016 | 07h00

O que era para ser uma estreia cheia de otimismo e contra um “adversário perfeito” se tornou uma partida sob pressão. Sem vencer e convencer no Campeonato Paulista, o Palmeiras estreia hoje na Libertadores diante do desconhecido River Plate-URU, às 21h45, em Maldonado, sabendo que os três pontos é apenas umas parte do que o time alviverde tentará buscar no Uruguai.

As críticas do ano passado sobre o futebol do Palmeiras voltaram com muito mais força e ainda mais direcionadas sobre o trabalho do técnico Marcelo Oliveira. A expectativa da torcida e, principalmente, da diretoria, era de que o time estivesse demonstrando um futebol muito mais criativo e eficiente do que foi visto nos últimos jogos.

O pragmatismo do time alviverde faz com que o confronto diante do modesto e, teoricamente, mais fraco adversário do grupo, se torne um compromisso importante. O palmeirense se apega ao fato de ser a competição que mais o time objetivou no ano passado e que isso faça todos terem mais vontade e atenção para acreditar em um bom resultado.

Há menos de um mês, Palmeiras e River Plate se enfrentaram em jogo-treino no Uruguai onde o time alviverde goleou por 4 a 0. Entretanto, os brasileiros eram só reservas e os uruguaios tinham quatro titulares. “É outro jogo e não dá para tirar como parâmetro. A única coisa que deu para perceber é que mesmo eles têm um padrão tático bem definido”, disse Marcelo Oliveira.

Nos bastidores, ninguém esconde que esperavam mais da equipe, mas a diretoria garante que não pensa, ainda, na troca de comando da equipe. Entretanto, uma má atuação também na principal competição da temporada deve aumentar a pressão e a cobrança em cima do treinador palmeirense.

Para o jogo de hoje, Marcelo Oliveira relacionou 20 jogadores e o que chamou atenção foi o fato de Régis e Moisés não terem viajado. O primeiro foi sacado por opção técnica e o segundo sente dores musculares.

O River Plate é um time pequeno no Uruguai e que nunca foi campeão nacional. O clube conta com dois brasileiros. O zagueiro Ronaldo Conceição, de 28 anos, ex-Internacional, São Caetano, entre outros. 

E o atacante Emilton, de 21 anos e que saiu do Brasil de Pelotas. O craque do time é o meia uruguaio Michael Santos, de 22 anos e que já está de malas prontas para partir. Após a competição, ele vai jogar no Málaga, da Espanha.

INSCRITOS

O Palmeiras divulgou ontem a lista dos 30 inscritos para a segunda fase da Libertadores com algumas novidades. A principal delas foi a entrada do zagueiro Nathan no lugar de Leandro Almeida, que deve ser negociado, após a falha contra o São Bento. 

Em relação aos 28 inscritos no Paulista, além da troca dos defensores, entraram na lista o lateral-esquerdo Victor Luis e o meia Cleiton Xavier. O volante Rodrigo ainda se recupera de uma lesão ligamentar do tornozelo direito e não foi inscrito em nenhuma das competições

FICHA TÉCNICA

RIVER PLATE-URU: Nicola Pérez; Cristian González, Ronaldo Conceição, Dario Flores e Agustin Ale; Diego Rodríguez, Giovanni González e Ángel Rodríguez; Fernando Gorriarán, Michael Santos e Nicholas Schiappacasse

Técnico: Juan Carrasco

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho, Vitor Hugo e Zé Roberto; Arouca, Jean, Dudu, Robinho e Gabriel Jesus; Barrios

Técnico: Marcelo Oliveira

JUIZ: Julio Bascuñan-CHI

LOCAL: Domingo Burgueño Miguel, em Maldonado-URU

HORÁRIO: 21h45

 

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.