1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Palmeirenses prometem volta por cima na Libertadores

- Atualizado: 13 Fevereiro 2016 | 21h 19

Grupo reconhece que alviverde não fez bom jogo ante Linense

Poucos jogadores que estiveram na derrota de virada para o Linense, em casa, por 2 a 1, estarão na estreia do Palmeiras na Libertadores, terça-feira. Mesmo assim, eles acreditam que a história será bem diferente do jogo deste sábado. Acostumado às pressões, o lateral Egídio serviu de porta-voz do grupo após o tropeço e mandou o recado à já impaciente torcida: “Com certeza teremos uma boa estreia.”

O lateral-esquerdo deve sair para o retorno de Zé Roberto. Antes, sai em defesa de Marcelo Oliveira, divide a culpa pelos tropeços com o grupo e reconhece que o Palmeiras anda devendo.

“A responsabilidade não é só do Marcelo (Oliveira), é do time inteiro, do elenco. Não é só o treinador que está pressionado, também estamos, somos todos responsáveis. Claro, uma vitória fora, da qual temos totais condições de buscar, muda todo esse lado negativo”, afirma.

Jogadores do Linense comemora segundo gol no Allianz
Jogadores do Linense comemora segundo gol no Allianz

Sobre a carência apresentada em campo, ele vê por outro lado. “O Palmeiras teve um volume muito maior, criamos oportunidades, ia sair com o empate no fim, mas não isso que queríamos”, ressalta. “Nosso volume foi forte, mas dois lancesinhos com falhas nossas e eles conseguiram a vitória. Estamos chateado, mas é manter o foco,  sabemos que precisamos de mais, temos conversado sobre isso, nos cobrado e podem ter certeza que terça-feira faremos um grande jogo.”

O Palmeiras realmente precisará se superar. A torcida vaiou muito o time na saída do campo do Allianz Parque. O argentino Allione chegou a ser ofendido. Vitor Hugo, que vacilou nos gols, não quis nem papo.

Erik, um pobre reserva do time reserva, nem sabia o que dizer. Falou da luta e promete volta por cima em breve.“Vamos erguer a cabeça e fazer bonito terça-feira na Libertadores.” 

É o que todo palmeirense espera, pois já passou da hora de este time dar uma resposta. Plantel tem.

Palmeiras em 2016
Divulgação
Palmeiras em 2016

Gabriel Jesus até abriu o placar, mas o Cruzeiro foi forte e virou com dois gols de Willian: 2 a 1

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX