Para Parreira, São Paulo é favorito

O técnico do Corinthians, Carlos Alberto Parreira, aponta o São Paulo como favorito no clássico entre os rivais, domingo, às 16 horas, em Presidente Prudente, pelo Torneio Rio-São Paulo. O treinador ressaltou que o fato de o adversário ter sido derrotado nas duas últimas partidas (Palmeiras e São Caetano) e perdido ainda a segunda posição na tabela para o próprio Corinthians não deixa o time do Morumbi em desvantagem. "Há uma semana o São Paulo era o melhor time do futebol brasileiro. Continua sendo. Uma equipe não perde essa condição de uma hora para outra. Portanto, eles vão entrar em campo como favoritos, e nossa missão será mudar isso, com o futebol solidário que estamos apresentando", afirmou o técnico do Corinthians. Parreira fez nesta terça-feira muitos elogios ao time do São Paulo, e novamente destacou o futebol de Kaká. O treinador é um dos admiradores do craque do time adversário. "Não é de hoje que eu admiro o futebol desse jogador. Desde setembro do ano passado eu já o achava um excelente atacante. Agora, então, ele está melhor ainda, pouco mais experiente e jogador de seleção", analisou o técnico. "O que fazer para marcar o Kaká? Tentar diminuir seu espaço. Não permitir que ele tenha condição para se movimentar", comentou o treinador, que preferia que o jogo fosse disputado no Morumbi. "É um estádio neutro. Nossa torcida tem condição de dividir o Morumbi com a torcida do São Paulo. Mas o jogo já estava marcado para o interior desde o início da competição", ressaltou o treinador. Depois da vitória sobre o Botafogo por 3 a 1, domingo, no Morumbi, os jogadores do Corinthians começaram nesta terça-feira à tarde a preparação para o clássico contra o São Paulo. A delegação viajará sábado de avião para Presidente Prudente. Após o jogo, a delegação segue para Belo Horizonte, onde na quarta-feira o Corinthians faz um jogo decisivo contra o Cruzeiro pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.

Agencia Estado,

26 Março 2002 | 18h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.