Para técnico de Togo, Alemanha não tem chances na Copa

O alemão Otto Pfister, treinador da seleção de Togo, polemizou nesta quarta-feira ao declarar que os anfitriões da Copa do Mundo não irão conquistar o sonhado tetracampeonato porque a equipe de Jürgen Klinsmann não é habilidosa. "A Alemanha não tem chance. Não creio que eles possam chegar na final ou até na semifinal", afirmou Pfister, que assumiu a seleção africana em fevereiro. "Acho que se eles chegarem nas quartas-de-final já está muito bom", completou. "É muito simples. Você precisa de habilidade e a Alemanha não tem isso. Carlos Alberto Parreira (treinador do Brasil) tem outro problema, ele tem que pensar quem vai ficar no banco. A Alemanha não sabe nem quem colocar em campo", acrescentou. Estreante em Mundiais, Togo está no Grupo G e fará a sua primeira partida contra a Coréia do Sul, no dia 13 de junho, em Frankfurt. A seleção africana ainda enfrentará na primeira fase a França e a Suíça. "Está difícil para nós. Nossos jogadores estão jogando na Europa e ainda estamos esperando eles chegarem", disse Pfister, lamentando que o atacante Emmanuel Adebayor, que atua no Arsenal e marcou 11 gols nas Eliminatórias Africanas, só irá se juntar ao elenco na sexta-feira por causa da final da Liga dos Campeões.

Agencia Estado,

17 Maio 2006 | 16h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.