Paraná enfrenta o líder Cruzeiro

Com vários problemas em campo e fora dele, o Paraná Clube enfrenta o Cruzeiro, líder da Copa Sul-Minas, amanhã, às 21h40, no Estádio Durival de Britto e Silva, em Curitiba. A partida, inicialmente marcada para o Estádio Pinheirão, foi transferida hoje. Enquanto a justiça tinha determinado um limite de 6 mil ingressos, em razão das obras que estão sendo realizadas no Pinheirão, o Corpo de Bombeiros fez várias exigências para a realização do jogo naquele local. Esta semana, a diretoria também tem mais um problema para resolver, pois venceu o contrato do volante Frédson. O jogador, que foi expulso na última partida, afirma ter recebido propostas de outros clubes e pode deixar o Paraná Clube. Ele também pleiteia os direitos federativos sobre seu passe, mas o clube alega que seu contrato foi assinado oito dias antes da entrada em vigor da Lei do Passe. A discussão pode acabar na Justiça. Em campo, o time tenta se recuperar da derrota para o Malutrom, por 2 a 0, e o péssimo futebol apresentado. Com 16 pontos ganhos, o time está na 8ª colocação e praticamente perdeu as possibilidades de classificar-se para a próxima fase. Ele precisaria ganhar as quatro partidas que restam e torcer por vários outros resultados que o favoreçam. Os zagueiros Xandão e André estão suspensos e o atacante Márcio contundiu-se, mas o volante Hélcio retorna ao time e será improvisado na defesa.

Agencia Estado,

19 Março 2002 | 18h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.