Paraná surpreende Bota no Maracanã

O Botafogo atuou mal e foi derrotado, de virada, pelo Paraná, por 3 a 1, no primeiro jogo das oitavas-de-final da Copa do Brasil, nesta quinta-feira à noite, no Maracanã. O resultado deixou o Alvinegro em péssima situação na competição, já que para se classificar à próxima fase precisará vencer o adversário na partida de volta, prevista para o dia 3 de abril, em Curitiba, por uma diferença de, no mínimo, três gols. Uma vitória da equipe carioca por 3 a 1 leva a decisão da vaga para a cobrança de pênaltis. Desorganizado em campo, o Botafogo começou o confronto sendo pressionado pelo Paraná, que não se intimidou por atuar fora de casa e partiu para o ataque. Os atacantes Maurílio e Márcio criaram boas oportunidades de gol, mas erraram as conclusões. O meia Almir inaugurou o placar para o Botafogo, quando o Paraná estava melhor taticamente em campo. O jogador recebeu a bola na entrada da grande área e chutou forte no canto esquerdo do goleiro Neneca, aos 26 minutos. O gol tranqüilizou os jogadores do Alvinegro, que ainda desperdiçaram a oportunidade de aumentar a vantagem, em uma bola chutada no travessão pelo volante Carlos Alberto. Para tornar a equipe mais ofensiva no segundo tempo, o técnico do Paraná fez duas modificações e colocou Marquinhos e César Romero, nos lugares de Emerson e Marcelo, respectivamente. As substituições deram o resultado esperado e, logo aos 8 minutos, em uma cobrança de falta, Marquinhos igualou o marcador. Em seguida, o Paraná perdeu o volante Marcelo Santos, que foi expulso pelo juiz Fabiano Gonçalves, por causa do excesso de faltas cometidas. A desvantagem no número de jogadores não foi problema para a equipe paranaense conquistar a vitória. Após uma falha da defesa do Botafogo, Marquinhos recebeu a bola na grande área e chutou forte, de direita, virando a partida, aos 34 minutos. O meia Alexandre, oito minutos depois, decretou o vexame alvinegro, ao marcar o terceiro gol do Paraná. Ele chutou forte da entrada da área e encerrou o placar.

Agencia Estado,

28 Março 2002 | 22h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.