1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Parceiro do São Paulo foi fundado em abril; presidente responde à Justiça

Fernando Faro - O Estado de S. Paulo

04 Junho 2014 | 17h 38

Empresa está registrada há dois meses, sócio é acusado de discriminação religiosa

SÃO PAULO - A Busca Serviços Digitais, empresa parceira do São Paulo para o novo serviço de compras online, foi fundada há dois meses e praticamente não tem clientes. O Estado consultou o CNPJ da empresa e descobriu que a data de abertura legal é no dia 8 de abril.

Segundo Felipe Dorneles, um dos sócios, isso acontece porque a Busca é a fusão legal entre a Piggli, site especializado em e-commerce e descontos na internet, e o Grupo Villela, conglomerado empresarial do Rio Grande do Sul presidido por Renan Lemos Villela, que esteve no evento no Morumbi nesta quarta. Ele rebateu as insinuações que começaram a circular na internet de que a empresa era apenas de fachada.

"A ferramenta tem quase um ano de desenvolvimento, quem desenvolvia era a Piggli e quem fechava os contratos da Villela. Essa é a diferença entre a mentalidade do Brasil e dos Estados Unidos; aqui as pessoas tendem a achar que é uma empresa de fachada, mas estamos falando de uma start-up", explica Dorneles.

O executivo explicou que o serviço só não foi expandido para outros clientes porque o São Paulo assinou o contrato primeiro e ganhou dois meses de exclusividade no serviço. No entanto, a empresa já oferece um site praticamente semelhante chamado Busca na Fé, destinado ao público religioso.

"Já temos contratos assinados com diversos clubes e outros parceiros; assim que passarem os 60 dias passaremos a divulgar os demais contratos", prometeu Dornelles.

PRESIDENTE NA JUSTIÇA

Sócio majoritário da Busca Serviços Digitais e presidente do Grupo Villela, Renan Lemos Villela responde a uma ação na Justiça por discriminação religiosa. Segundo relatos de funcionários, o executivo, que é evangélico, obrigava todos a participar de cultos semanalmente independentemente da religião de cada um.

Procurado pela reportagem, o grupo diz que a ação foi movida por empresários demitidos do grupo que agiram em represália à empresa.

PARCERIA MANTIDA

O São Paulo foi procurado pela reportagem e disse estar "monitorando" os acontecimentos. Segundo o departamento de comunicação do clube, a parceria está mantida e deve ser lançada no prazo de até dez dias. O Busca São Paulo promete ser um site que ajudará o torcedor a comparar preços de qualquer tipo de produto e que dará 10% do valor total pago ao clube, que usará esse dinheiro para melhorias no clube e no departamento de futebol. Segundo o presidente Carlos Miguel Aidar, o Tricolor pode lucrar até R$120 milhões.

"O São Paulo Futebol Clube informa que a negociação do contrato anunciado hoje com a Busca Serviços Digitais Ltda correu absolutamente dentro da legalidade e da normalidade, não tendo o clube conhecimento de qualquer fato que desabone a empresa", declarou o clube por meio de sua assessoria de comunicação.

(*atualizada às 19h14)

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo