1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Parlamentar venezuelano pede para Fifa dar 10% de lucro da Copa a pobres

REUTERS

05 Julho 2014 | 11h 19

A Fifa deveria dar um exemplo ao mundo ao entregar 10 por cento dos lucros da Copa do Mundo aos pobres, afirmou um parlamentar venezuelano.

"Seria uma notícia estupenda para todo o planeta, que precisa tanto de uma boa notícia", disse William Ojeda em comentários amplamente publicados pela mídia venezuelana neste sábado.

"A Fifa, que ganha tanto dinheiro com a organização de um evento mundial, deveria demonstrar que suas ações não visam apenas objetivos monetários e deveria canalizar pelo menos 10 por cento do lucro da Copa do Mundo para ajudar países pobres", disse ele.

O parlamentar independente afirmou que o dinheiro deveria ir para escolas, moradias, hospitais e instalações esportivas.

"Seria um grande exemplo moral", afirmou Ojeda, elogiando o clube espanhol Barcelona, que costumava usar o logotipo do fundo das Nações Unidas para a infância (Unicef) na frente da camisa do time. Atualmente o clube usa o logotipo nas costas das camisas.

Apesar de ser frequentemente acusada de corrupção, a Fifa é oficialmente uma organização não lucrativa e afirma que injeta milhões de dólares em receitas da Copa do Mundo na promoção do futebol, especialmente em países em desenvolvimento.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo