Pierre-Philippe Marcou/AFP
Pierre-Philippe Marcou/AFP

Paulinho diz viver 'privilégio' por jogar com Messi e festeja boa fase

Brasileiro agradece ajuda do argentino para se adaptar ao Barcelona

Estadão Conteúdo

17 Outubro 2017 | 15h54

O meio-campista Paulinho revelou se sentir privilegiado por poder atuar ao lado do argentino Lionel Messi no Barcelona. Contratado em agosto deste ano pelo clube catalão, o brasileiro demonstrou gratidão ao falar sobre a influência do craque argentino em seu rendimento na equipe espanhola.

+ Paulinho celebra volta por cima como vice-artilheiro da seleção

"Messi me ajudou muito (na adaptação ao Barcelona), sempre o admirei e para mim é um privilégio jogar ao seu lado", comentou Paulinho, que vive ótimo momento na carreira - foi um dos artilheiros do Brasil nas recém-encerradas Eliminatórias para a Copa de 2018, com seis gols, junto com Neymar e somente com um a menos que Gabriel Jesus -, em entrevista coletiva nesta terça-feira, em Barcelona.

Paulinho admitiu ter se sentido pressionado em sua chegada ao Barça, vindo do futebol chinês, mas garantiu que tem se esforçado para aproveitar as oportunidades concedidas pelo treinador Ernesto Valverde. "No início, me custava um pouco, mas agora já estou adaptado ao estilo do Barça e me sinto com confiança", disse.

Ernesto Valderde, por sua vez, enfatizou a importância de somar nove pontos nas três primeiras rodadas da fase de grupos da Liga dos Campeões para as pretensões do clube na competição. Nesta quarta, o Barça enfrentará o Olympiacos, da Grécia, às 16h45 (horário de Brasília), no Camp Nou.

O treinador do Barcelona também revelou ter um sentimento especial por enfrentar pela primeira vez o clube que dirigiu por duas vezes entre os anos de 2008 e 2012.

"É emocionante para mim jogar contra o Olympiacos porque vivi grandes momentos lá. Esta partida de volta será ainda mais. Jogar na Grécia é muito exigente porque eles querem ganhar. Ganhei títulos lá e deixei uma parte do meu coração ali", contou o treinador espanhol em coletiva de imprensa.

O Barcelona lidera o Grupo D do principal torneio europeu entre clubes, com seis pontos (vitórias sobre a Juventus e o Sporting, de Portugal), seguido por Sporting, Juventus (ambos com três) e o Olympiacos, que ainda não pontuou na chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.