Paysandu derrota o Oeste por 2 a 0 no fechamento da primeira rodada ds Série B

O Paysandu venceu o Oeste por 2 a 0, neste sábado, em partida marcada por polêmicas na primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os paulistas reclamaram de dois gols anulados e o pênalti que resultou no segundo da vitória paraense no estádio da Curuzu, em Belém.

Estadão Conteúdo

13 Maio 2017 | 23h38

Com a vitória, o Paysandu larga na frente na corrida pelo acesso. Fica empatado com o Guarani na segunda posição, com três pontos. Está atrás apenas do Internacional, que leva vantagem no saldo de gols: 3 a 2.

O primeiro tempo foi marcado por poucas emoções e por uma paralisação de 24 minutos por queda de energia em um dos refletores. Na segunda etapa, porém, o gol saiu logo aos seis. Após uma bola afastada da área do Oeste, o meia Fernando Gabriel emendou de primeira. A bola desviou no zagueiro Garutti e matou qualquer chance do goleiro Rodolfo defender.

O Oeste não mostrou poder de reação. Mesmo assim, balançou as redes duas vezes com os atacantes Robert Alexandro. Ambos foram anulados por impedimento. No final, aos 42 minutos, o atacante Bergson ampliou para os paraenses em cobrança de pênalti cometido por Rodolfo.

Na próxima sexta-feira, às 19h15, o Paysandu volta a campo para enfrentar o Paraná, no estádio Durival de Britto, em Curitiba. Já o Oeste recebe o Criciúma, no sábado, às 16h30, na Arena Barueri, em Barueri (SP).

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU 2 x 0 OESTE

PAYSANDU - Emerson; Hayner, Fernando Lombardi, Pablo e Peri; Augusto Recife, Ricardo Capanema, Jhonnatan (Bergson) e Fernando Gabriel (Diogo Oliveira); Wellinton Júnior (Rodrigo Andrade) e Marcão. Técnico: Marcelo Chamusca.

OESTE - Rodolfo; Daniel Borges, Luis Gustavo, Guilherme Garutti e Joilson; Fernando Aguiar (Alexandro), Willian Cordeiro, Lídio (Betinho) e Mazinho; Julio César (Tatuí) e Robert. Técnico: Roberto Cavalo.

GOLS - Fernando Gabriel, aos 6, e Bergson (pênalti), aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Hayner, Fernando Lombardi, Augusto Recife e Wellinton Júnior (Paysandu); Rodolfo (Oeste).

ÁRBITRO - Cleisson Veloso Pereira (MG).

RENDA - R$ 57.610,00.

PÚBLICO - 5.492 pagantes.

LOCAL - Estádio da Curuzu, em Belém (PA).

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.