1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Pelé diz que Neymar vai suportar pressão na Copa do Mundo

Agência Estado

10 Março 2014 | 11h 13

De acordo com o Rei, o atacante terá que suportar a pressão de liderar a seleção anfitriã do torneio

PARIS - Pelé afirmou nesta segunda-feira que Neymar será fundamental para levar o Brasil a conquistar o título da Copa do Mundo deste ano, ajudando a apagar a dolorosa memória da última vez em que o País sediou a Copa do Mundo. Para isso, de acordo com o Rei do Futebol, o atacante do Barcelona terá que suportar a pressão de liderar a seleção anfitriã do torneio. E ele acredita que Neymar está preparado para isso.

Considerado por muitos como o melhor jogador da história do futebol, Pelé tinha apenas 9 anos quando o Brasil perdeu para o Uruguai na Copa do Mundo de 1950. Oito anos depois, com apenas 17 anos, ele conduziu a seleção ao seu primeiro título mundial. Depois, foi novamente campeão em 1962 e 1970.

Com o Brasil sendo a sede do torneio deste ano, a pressão estará sobre Neymar, que marcou três gols em um amistoso contra a África do Sul na semana passada. "Neymar é um grande jogador. Eu o conheço muito bem, porque ele jogou pelo Santos, meu filho foi o goleiro lá e depois trabalhou nas categorias de base", disse o craque, de 73 anos, em Paris, onde a taça da Copa do Mundo está em exposição.

"Eu acho que a pressão de que você fala existe. O que é importante é que ele joga pelo Barcelona e o fato de que ele deixou o Brasil significa que ele ganhou em experiência", completou Pelé, lembrando a transferência do atacante para o Barcelona antes do início da temporada 2013/2014 do futebol europeu.

Pelé acha que a saída da zona de conforto que era o Santos vai ajudar Neymar e o Brasil na Copa. "Na Europa é mais difícil e tem sido uma grande experiência para ele deixar o Brasil. Os seis meses têm sido uma grande oportunidade para ele", afirmou. "Então, ele vai para o Brasil com mais experiência. Mas a pressão não será só em Neymar, será em geral, na equipe do Brasil".

Mas a maior parte da expectativa deverá estar mesmo sobre Neymar, que já marcou 30 gols em 47 partidas pela seleção brasileira. "Vai ser muito difícil. O Brasil tem uma grande história do futebol. A única Copa do Mundo realizada no Brasil foi quando perdemos para o Uruguai, por isso, os brasileiros ainda se lembram disso", afirmou.

O Rei do Futebol revelou o desejo de ver o Brasil conquistando a Copa do Mundo sobre a França, algoz da seleção em 1986, 1998 e 2006. "Vai ser a nossa chance de vingança. Eu realmente espero que a final seja contra a França, eu realmente quero vencer a França. Seria ótimo, porque a França venceu o Brasil nas últimas três vezes que jogou na Copa do Mundo".

Mesmo após vencer três Copas e ser o maior jogador da história do futebol, com mais de mil gols marcados, Pelé garante que não esquece a derrota em 1950, no Maracanã, para o Uruguai, "A primeira lembrança que tenho da Copa do Mundo não é a melhor, me lembro de ouvir o meu pai chorando. A ideia é apagar essa memória".

Copa 2014