1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Pesquisa traz 20% da Argentina sem interesse por Copa do Mundo

Ariel Palacios - O Estado de S. Paulo

12 Junho 2014 | 10h 58

Centro de Opinião Pública (Ceop) ouviu a população e descobriu que ainda é maioria o número de interessados no campeonato 

A Argentina tem fama de país fanático pelo futebol, mas a Copa do Mundo não paralisará a totalidade dos "hermanos". Uma pesquisa elaborada pelo Centro de Opinião Pública (Ceop) indica que 20,9% dos habitantes da nação não se interessam pelo Mundial, enquanto outros 76,3% expressam empolgação pelo evento esportivo.

A pesquisa também indica que, além do ufanismo que os torcedores expressam no cotidiano sobre a seleção nacional, apenas 25% consideram que a Argentina tem chances de ser campeã nesta Copa. Já outros 22,4% afirmam que a seleção de Messi não passará das quartos de final, enquanto 19,4% sustentam que não iria além das oitavas. Apenas 6,3% consideram que seria vice-campeã.

Caso a Argentina não seja campeã, 23,5% dos argentinos preferem que a Copa seja ostentada pelo Brasil, de acordo com a pesquisa do Ceop. Outros 16,8% indicam preferência pela vitória da Espanha.

Victor R. Caivano/AP
Nem a presença do craque Messi convence todos os argentinos

Na última quarta-feira, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, enviou uma mensagem à presidente Dilma Rousseff na qual parabeniza o Brasil pela organização do evento esportivo mundial. Cristina também disse esperar que o troféu da Fifa fique "na pátria grande", forma com a qual costuma referir-se à América do Sul.

O governo Kirchner pagou US$ 18 milhões pela transmissão dos 64 jogos da Copa. As únicas publicidades transmitidas durante as partidas veiculadas pelo estatal canal TV Pública serão propagandas oficiais da administração da presidente argentina.

Copa 2014