1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Ponte Preta critica postura do Palmeiras no acerto com Gilson Kleina

AE - Agência Estado

19 Setembro 2012 | 18h 37

Márcio Della Volpe, presidente da equipe campineira, reprovou a atitude do clube palestrino

CAMPINAS - O presidente em exercício da Ponte Preta, Márcio Della Volpe, reprovou a postura do Palmeiras na contratação do técnico Gilson Kleina. Na tarde desta quarta-feira, o dirigente criticou o fato de o clube palestrino ter procurado primeiramente o treinador, ao invés de entrar em contato com o clube.

"Durante um evento, um dirigente veio me pedir desculpa sobre a bagunça do fim de semana. E agora eles agem desta forma? Infelizmente este é o mundo da bola", lamentou Della Volpe, afirmando que o treinador foi seduzido por uma "proposta mirabolante".

O presidente do time campineiro garantiu que o clube exigirá o pagamento da multa contratual. Os valores não foram revelados, mas giram em torno de R$ 500 mil. "Quem vai pagar não me importa. Se a equipe [Palmeiras] quiser pagar tudo bem, caso contrário quem tem que arcar é o profissional", explicou.

Della Volpe afirmou que a diretoria da Ponte ainda tenta "digerir" a saída de Kleina, para depois pensar em um substituto. Vários nomes foram especulados, como Paulo César Gusmão, do Ceará, e Guto Ferreira, do Mogi Mirim.

A única certeza é que o técnico do Sub-20, o ex-ponta do São Paulo Zé Sérgio, assumirá o time interinamente para o jogo de domingo contra o Vasco, em Campinas, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Até o momento, o time vai ter os mesmos 33 pontos, em 11º lugar.