Ponte Preta dá folga maior ao elenco para recuperar desgaste de jogos decisivos

Saída de Clayson para o Corinthians está confirmada

Estadao Conteudo

15 Maio 2017 | 21h06

Depois de uma sequência de jogos decisivos nas últimas semanas, incluindo as finais do Campeonato Paulista e confronto válido pela Copa Sul-Americana, a Ponte Preta vai ter apenas mais duas partidas neste mês de maio. O fato foi bastante comemorado pela comissão técnica após a goleada sobre o Sport por 4 a 0, no último domingo, em Campinas (SP), na estreia do Campeonato Brasileiro. Por isso, houve dispensa geral até quarta-feira.

Só depois do merecido descanso é que os jogadores vão começar a pensar no compromisso contra o Botafogo, pela segunda rodada do Brasileirão. Este duelo vai acontecer no estádio do Engenhão neste domingo, às 18 horas, no Rio.

Uma semana bem diferente da anterior, quando decidiu o título paulista contra o Corinthians no domingo e na segunda-feira já seguiu para a Argentina, onde eliminou o Gimnasia y Esgrima, pela segunda fase da Copa Sul-Americana na terça.

Nos bastidores existem muitas especulações. A saída de Clayson para o Corinthians está confirmada. A ausência do volante Fernando Bob na estreia gerou boatos de que ele poderia se transferir para o São Paulo ou Corinthians. A versão oficial é de que ele foi apenas poupado.

O clube também desmentiu ter interesse no atacante Kieza, do Vitória, mas não descartou a vinda do zagueiro Renato Chaves, do Fluminense.

Mais conteúdo sobre:
Futebol futebol Ponte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.