Ponte terá Caíco contra São Caetano

Em busca da reabilitação no Torneio Rio-São Paulo, a Ponte Preta vai apresentar três novidades para enfrentar o São Caetano, neste sábado, às 16h, no estádio Moisés Lucarelli. A principal delas é a estréia do meia Caíco, ex-Internacional-RS. O zagueiro Alex Oliveira e o lateral Eduardo vão entrar, respectivamente, nos lugares de Rodrigo e Elivélton que, contundidos, foram vetados pelo departamento médico. A entrada de Caíco já era esperada. Desde quando iniciou os treinamentos, na semana passada, ele apresentou excelente condição física e já teria até sido utilizado na partida diante do São Paulo não fosse problemas com a sua documentação. Esse problema, porém, não existe mais uma vez que a diretoria conseguiu apressar a liberação dos documentos junto ao Lugano da Suíça, seu último clube. Com Caíco, o meio campo ganha dinâmica e o esquema volta a ser o tradicional 4-4-2, em substituição ao ofensivo 4-3-3. "Vamos começar com esse esquema, mas podemos mudar tudo no decorrer do jogo. É questão de opção e de momento", garantiu o técnico Vadão. As outras mudanças são forçadas. Antes do treino recreativo realizado pela manhã desta sexta-feira no próprio gramado do Majestoso, o ala-esquerdo Elivélton não suportou os exercícios de avaliação e foi vetado. Rodrigo chego a dar algumas voltas no campo, mas também será poupado. Existe uma preocupação com o jogo diante do Juventude, na quarta-feira em Caxias-RS, pela segunda fase da Copa do Brasil. Nesta partida, a Ponte já tem dois desfalques confirmados: o centroavante Washington, que estará concentrado com a seleção brasileira, e o volante Mineiro, suspenso. Revanche - Além de buscar a reabilitação pela goleada sofrida para o São Paulo, por 4 a 1, a Ponte ainda tem contas a acertar com o São Caetano. No último confronto em Campinas, ano passado pelo Campeonato Brasileiro, o time do ABC venceu por 6 a 3. "Precisamos da vitória pelos dois motivos", reafirmou Washington, artilheiro do time com seis gols. Para a comissão técnica, a vitória seria importante para manter o time entre os líderes da competição. No momento, a Ponte tem 13 pontos, ocupando a sexta colocação.

Agencia Estado,

01 Março 2002 | 14h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.