Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Por jogo contra time de Kaká, Bahia terá duas partidas no mesmo dia

Futebol

Divulgação

Esportes

Bahia

Por jogo contra time de Kaká, Bahia terá duas partidas no mesmo dia

Brasileiros terão que disputar jogos simultaneamente em março

0

Estadão Conteúdo

16 Fevereiro 2016 | 12h56

O Bahia vai realizar duas partidas oficiais concomitantes no próximo dia 9 de março. A equipe tem dois jogos marcados para o mesmo horário (21h45) neste dia: pega o Galícia, em casa, pelo Campeonato Baiano, e o Juazeirense, possivelmente em Petrolina (PE), pela Copa do Nordeste. Em ofício à Federação Baiana de Futebol (FBF), o Bahia disse ter elenco para jogar os dois jogos ao mesmo tempo.

A coincidência de datas foi necessária para atender um pedido do próprio Bahia, que vai fazer um amistoso contra o Orlando City, time de Kaká, em Orlando (EUA), no próximo dia 27 de fevereiro, um sábado. A FBF aceitou o adiamento do jogo contra o Galícia, que seria neste fim de semana, mas ficou sem datas para reagendar a partida.

De acordo com a FBF, ela questionou a CBF sobre a possibilidade de o jogo contra o Juazeirense ter sua data alterada, mas a entidade máxima do futebol rejeitou o pedido, alegando que não concede licença para clubes excursionarem durante a realização de torneios de forma a modificar a tabela.

Sem datas disponíveis, não houve outra solução senão marcar os dois jogos para o mesmo dia. Em ofício do Bahia, publicado pela FBF, o clube diz que: "possui mais de 40 atletas com idade superior a 18 anos e os mesmos têm contrato como atletas profissionais, podendo atuar em curto espaço de tempo para conciliar as adequações necessárias da tabela".

No passado, era mais comum a necessidade de um time jogar mais de uma vez num só dia. Em 1994, o Grêmio fez três partidas seguidas no Olímpico pelo Campeonato Gaúcho, utilizando 34 jogadores diferentes. Um mês antes, também em 1994, o São Paulo jogou pela Copa Conmebol contra o Sporting Cristal (Peru) e pelo Brasileirão diante do Grêmio. À época, usava seu "expressinho" na competição continental. Mesmo assim, Juninho Paulista atuou nas duas partidas.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.