Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Por Copa do Brasil, Marcos Rocha afirma que Palmeiras deixará dérbi de lado

Lateral explica que pela importância da competição, jogo com o América-MG é mais importante neste momento do que o Corinthians

O Estado de S. Paulo

08 Maio 2018 | 15h40

A estreia do Palmeiras na Copa do Brasil, nesta quarta-feira, contra o América-MG, em Belo Horizonte, vai fazer o time esquecer por um tempo do clássico com o Corinthians, marcado para domingo. O lateral-direito Marcos Rocha afirmou nesta terça-feira em entrevista coletiva que pela importância do torneio mata-mata, o clube ainda não pensa no encontro com o rival.

+ Antônio Carlos alcança marca pessoal em 2018

+ Clube alcança melhor aproveitamento do século como visitante

O Palmeiras estreia nas oitavas de final da competição e considera o torneio bastante atrativo principalmente pela premiação recorde de mais de R$ 50 milhões a ser entregue ao campeão. "Acho que tem que jogar com força máxima, porque é importante vencer a Copa do Brasil e devemos entrar com respeito contra o América-MG", afirmou Marcos Rocha.

Nesta terça a CBF anunciou o gaúcho Anderson Daronco como o árbitro do clássico de domingo, com o Campeonato Brasileiro, mas Marcos Rocha disse ainda não esta preocupado com o jogo. "Estamos focados só no América-MG e nem sabemos ainda quem vai ser o juiz. Não paramos para discutir o jogo contra o Corinthians, porque a Copa do Brasil é importante para o nosso elenco dentro do projeto que foi oferecido a nós, jogadores, durante o ano", explicou.

No último domingo Marcos Rocha marcou gol na vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-PR, em Curitiba, e deve novamente ser titular em Belo Horizonte. O Palmeiras terá a escalação definida em treino fechado na Academia de Futebol e viaja para a capital mineira no fim da tarde desta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.