Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Prass admite que chance de título ficou pequena para o Palmeiras

Para goleiro, derrota para o Santos reduz expectativa do clube por nova conquista para o Campeonato Brasileiro

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

02 Outubro 2017 | 11h00

A derrota de sábado para o Santos por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro, deixou o Palmeiras bastante desanimado. De todo o elenco apenas o goleiro Fernando Prass aceitou dar entrevista depois do jogo, no Allianz Parque, e admitiu que a chance de a equipe conquistar o campeonato pelo segundo ano seguido ficou muito pequena após o revés em casa.

+ Palmeiras vê ruir meta de pontos e repensa planos no Brasileiro

A diferença em relação ao líder Corinthians aumentou nesta rodada de 11 para 12 pontos. "Com uma derrota, fica mais complicada a situação, mas vamos continuar trabalhando sério, com nossos objetivos, o primeiro é estar no G-4", disse o goleiro Fernando Prass. A derrota foi a quarta do Palmeiras na arena neste Brasileiro. As outras foram para Corinthians, Atlético-PR e Chapecoense.

A quarta posição na tabela não será ameaçada nesta rodada, pois o Flamengo, que enfrenta nesta segunda-feira, a Ponte Preta, não consegue alcançar o Palmeiras. Internamente, o clube trata como um grande fracasso ficar sem vaga na Copa Libertadores. O técnico Cuca, inclusive, pretende classificar o Palmeiras entre os quatro primeiros, posição que garante presença na fase de grupos, sem a necessidade de fases preliminares.

"Se a pontuação nos permitir, e os adversários que estão na frente nos permitirem (brigar pelo título). Mas é óbvio que fica bem mais difícil agora falar em conquista", comentou Prass. O próximo compromisso do time será no dia 12, diante do Bahia, no estádio do Pacaembu.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.