César Greco/Ag. Palmeiras
César Greco/Ag. Palmeiras

Para Prass, falta de entrosamento atrapalhou Palmeiras em derrota

Com reservas em campo, time alviverde perde da Chapecoense por 1 a 0

O Estado de S. Paulo

20 Maio 2017 | 22h03

Sem seus principais jogadores, o Palmeiras acabou derrotado pela Chapecoense por 1 a 0, neste sábado, na Arena Condá, pelo Campeonato Brasileiro. Para o goleiro Fernando Prass, a falta de entrosamento colaborou para o tropeço dos palmeirenses - o primeiro desde que Cuca reassumiu o comando.

"A gente acabou tomando um gol em contra-ataque. O jogo estava igual. Era uma bola parada a nosso favor. Não matamos a jogada e demoramos a voltar. É lógico que temos as dificuldades naturais de um time que não jogou junto. Infelizmente, o jogo foi decidido em um contra-ataque após uma bola parada a nosso favor", lamentou. 

A derrota também tirou a alegria do zagueiro Juninho, que estreou com a camisa alviverde neste sábado. "Tive uma estreia boa no individual, mas estou triste porque a gente saiu derrotado. É difícil jogar fora de casa e com um time alternativo, mas aos poucos vamos acertando o posicionamento de cada um".

O Palmeiras volta a jogar com seus titulares na próxima quarta-feira, quando recebe o Atlético Tucumán, da Argentina, no Allianz Parque para garantir a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.