Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Presidente de torcida organizada do São Paulo é preso por descumprir punição da Justiça

Futebol

Marivaldo Oliveira

Presidente de torcida organizada do São Paulo é preso por descumprir punição da Justiça

Henrique Gomes estava proibido de se envolver em atividades do clube paulista

0

O Estado de S.Paulo

12 Janeiro 2017 | 11h58

Henrique Gomes, presidente da Independente, principal torcida organizada do São Paulo, foi preso na madrugada desta quinta-feira por descumprir uma ordem judicial de não ir aos jogos do clube. Baby, como é conhecido, foi flagrado pela reportagem da TV Record indo ao estádio em Capivari para assistir ao confronto diante da Chapecoense, pela Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Ele esteve presente na invasão do CT do São Paulo, em agosto do ano passado. Na oportunidade, os torcedores roubaram pertences de funcionários do clube, além de ameaçar os atletas. Como forma de punição, Henrique estava proibido pela Justiça de estar próximo das atividades relacionadas ao time.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa confirmou a prisão. "O DHPP informa que cumpriu um mandado de prisão preventiva expedido, ontem (quarta-feira) à noite, pela Justiça. O preso permanece no DHPP enquanto aguarda transferência para o sistema penitenciário."

Anteriormente, nas redes sociais, Baby havia negado a infração. "Cumpri todas as medidas cautelares, no bombeiro, com chegada e saída protocolada no fórum. Não descumpri a lei imposta pelo juiz. Antes de ir para Capivari comuniquei o meu advogado. Não falava no documento que eu não poderia ir ao sub-10, sub-11, sub-12, sub-13, sub-14, sub-15, sub-16, sub-17, sub-18. Não roubei bola, não roubei camisa, não agredi jogador, entrei e sai pela porta da frente do CT, não houve arrombamento", disse, se referindo ao fato de que a Copa São Paulo é para jogadores até a categoria sub-20 dos clubes.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.