Rafael Arbex|Estadão
Rafael Arbex|Estadão

Presidente do Corinthians garante que não vai contratar Dourado

Dirigente dá de ombros para declarações de Pedro Abad e do próprio atacante

O Estado de S.Paulo

13 Janeiro 2018 | 15h49

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade subiu o tom e afirmou que não há possibilidade de contratar o atacante Henrique Dourado, mesmo após o jogador admitir publicamente que deseja deixar o Fluminense e o presidente do clube carioca, Pedro Abad, afirmar que está aberto a propostas. Andrade garante que enquanto ele for o mandatário do time paulista, Dourado não será contratado.

+ Mesmo com mudanças no elenco, Corinthians repete esquema tático campeão

“O Corinthians não quer mais conversar com o Dourado sobre o Fluminense. As coisas quando tem que acontecer, acontece naturalmente. Não gosto de coisas assim. O Fluminense não quer liberar o jogador e o Corinthians não está negociando com o Fluminense e não vai negociar com o clube”, assegurou o dirigente, em entrevista à Sportv.

Vale lembrar, porém, que Roberto de Andrade havia dito que tinha desistido de Júnior Dutra e horas depois o atacante foi anunciado pelo Corinthians. Em relação a Dourado, o time paulista ofereceu R$ 8 milhões. O Fluminense queria R$ 18 milhões, referente a multa contratual, mas aceita receber menos para fechar negócio.

Quanto a Gilberto, outro nome especulado para a posiçao, Andrade disse gostar do jogador, mas disse que não há negociação. “Não conversamos sobre o Gilberto. A comissão tem que dar um 'ok'. Eu gosto do jogador, mas por enquanto não existe nada”, assegurou.

Quanto ao zagueiro Henrique, o Corinthians espera para que ele consiga a liberação completa do Fluminense e fique livre para assinar contrato. Sobre Matheus Vital, o meia tem tudo certo com o clube e deve ser confirmado até terça-feira.

 

Mais conteúdo sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.