Presidente do Grêmio se reúne com elenco e cobra mobilização em mês decisivo

Romildo Bolzan Jr. pede comprometimento para sequência de seis jogos considerados importantes da equipe em maio

Estadão Conteúdo

11 Maio 2017 | 19h34

A eliminação nas semifinais do Campeonato Gaúcho e a primeira derrota na fase de grupos da Copa Libertadores acenderam o sinal de alerta no Grêmio. Preocupado em não ver o time naufragar nas competições que participa nesta temporada, o presidente Romildo Bolzan Júnior foi ao CT Luiz Carvalho nesta quinta-feira para se reunir com o elenco e a comissão técnica. E cobrou mobilização em um mês apontado por ele como decisivo.

"Nós estamos considerando este momento importantíssimo para o clube porque nós estamos, nesse mês de maio, fazendo o começo de muitas competições: do Campeonato Brasileiro, da Copa do Brasil e a finalização e o começo, por consequência, de uma fase de oitavas na Libertadores. Duas competições definidas em mata-mata e uma competição que é classificatória de longo prazo. E o futebol nos reserva muitas surpresas", afirmou Bolzan, em entrevista coletiva após a reunião.

No restante de maio, o Grêmio terá seis jogos. Três deles serão pelo Campeonato Brasileiro, torneio que exige regularidade desde as rodadas iniciais para que o time tenha chances de ser campeão nacional. Além disso, a equipe vai encarar o Fluminense em dois duelos pelas oitavas de final da Copa do Brasil e ainda enfrentará o Zamora em seu último compromisso na fase de grupos da Libertadores.

"Esses processos servem para nós aplaudirmos e para ensinar. Esses processos são passado e estamos constituindo uma pauta extremamente positiva, boa. Tivemos uma reunião muito importante com os jogadores, comissão técnica e direção do Clube no sentido de estabelecer esse novo momento como se fosse uma espécie de marco de uma caminhada importante que o Grêmio vai fazer daqui para a frente. Então é nesse sentido que as coisas vão transcorrer. E o objetivo é exatamente a motivação desta pauta e da nossa torcida", acrescentou o presidente.

O primeiro dessa série de compromissos está agendada para domingo, em casa, diante do Botafogo, pela primeira rodada do Brasileirão. Até lá, o Grêmio fará mais dois treinos, nas manhãs desta sexta-feira e do sábado.

Mais conteúdo sobre:
Grêmio futebol Grêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.