Assine o Estadão
assine

Esportes

Campeonato Carioca

Pressionado, Flamengo faz clássico contra o embalado Vasco

O time rubro-negro terá que encarar o líder da tabela

0

Thiago Rabelo, especial para a AE,
O Estado de S. Paulo

30 Março 2016 | 07h40

No duelo dos opostos, o criticado Flamengo enfrenta o embalado Vasco nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). A partida válida pela quarta rodada da Taça Guanabara, do Campeonato Carioca, ocorre na semana em que membros de uma torcida organizada foram à sede do clube rubro-negro para protestar e ampliaram a crise na Gávea.

Na tabela de classificação, nova diferença. Enquanto os vascaínos estão com 100% de aproveitamento, com nove pontos e na liderança, os rivais ocupam a modesta quinta posição, fora do grupo de classificação para as semifinais, com apenas quatro.

Além da situação de cada um na tabela de classificação, o técnico Muricy Ramalho ainda tem mais problemas. Por causa da seleção colombiana, o volante Cuellar foi cortado da partida. Já o peruano Guerrero conseguirá chegar a tempo, mas será avaliado. Caso tenha boas condições físicas, será titular. No ataque, Marcelo Cirino foi barrado para a entrada de Gabriel.

Sobre os problemas da semana, a diretoria tentou minimizá-los e criou algo ainda maior. Após sofrer duras críticas, a cúpula disse que não autorizou a entrada da torcida, o que foi rebatido pela organizada. O zagueiro Wallace também reclamou da atitude dos dirigentes do clube.

Longe da crise e dono da melhor campanha geral do Campeonato Carioca, o Vasco conta com o retorno de Riascos, recuperado de lesão na coxa direita, embora a presença dele no time titular não tenha sido confirmada por Jorginho. Ele disputa a vaga com Thalles, autor do gol no clássico contra o Botafogo.

O meia Nenê foi poupado do treinamento desta terça-feira por causa de febre e indisposição, porém viajou para Brasília e não deve ser problema para o clássico. Após defender o Uruguai, o goleiro Martin Silva se apresenta na capital federal nesta quarta e também atua.

Comentários