1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Pressionado, Fluminense enfrenta Sport no Maracanã

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2014 | 07h 49

Tricolor carioca sofre com desfalques e não terá goleiro Diego Cavalieri e lateral-equerdo Carlinhos para a disputa contra o Sport

O Fluminense entra em campo pressionado para enfrentar o Sport, neste domingo, 24, no Maracanã, pela 17ª rodada do Brasileirão. Fora do G4 após duas derrotas seguidas, o time precisa vencer para não se afastar da ponta de cima da tabela de classificação e para buscar a tranquilidade que se foi de vez na última quinta-feira, quando os jogadores foram hostilizados por um grupo de torcedores. Uma nova derrota pode custar o cargo do técnico Cristóvão Borges.

Para a partida, o treinador mais uma vez tem problemas para escalar o time. Expulso contra a Chapecoense, o lateral-esquerdo Carlinhos está fora. O também lateral Bruno saiu no intervalo no último jogo sentindo dores na panturrilha e é dúvida na direita. O meia Wagner, ausente nos dois últimos jogos devido a varizes intestinais, ainda não tem participação assegurada. E, para piorar, o goleiro Diego Cavalieri está com uma gastroenterite, dando lugar a Kléver.

Após também ficar de fora dos dois últimos jogos devido a problemas no músculo posterior da coxa direita, o meia Chiquinho voltou aos treinos na última sexta-feira e deve ser improvisado na lateral esquerda. Na frente, a tendência é que Rafael Sóbis volte a formar dupla com Fred. No meio de semana, Cristóvão Borges colocou Walter na vaga de Rafael Sóbis, mas o ataque se demonstrou muito lento.

Nelson Perez/Fluminense
Treinador mais uma vez tem problemas para escalar o time

Já pela equipe do Sport, depois da boa vitória sobre o Palmeiras na quarta-feira, que acabou com a série negativa de duas derrotas e um empate, o Sport sonha com uma vaga no G4. 

A vitória sobre a equipe paulista, no entanto, rendeu dois novos desfalques no time titular do Sport, além do zagueiro Ewerton Páscoa e do volante Rodrigo Mancha, que já estavam afastados há algum tempo por causa de lesão. Os meias Régis e Érico Júnior deixaram o jogo de quarta-feira com problemas musculares - o primeiro na coxa esquerda e o segundo na direita - e estão descartados diante do Fluminense.

Para a vaga de Érico Júnior, o técnico Eduardo Baptista já escolheu Ananias. Mas ele manteve a dúvida sobre o substituto de Régis. Pode ser Zé Mário ou Augusto. Enquanto isso, os dois badalados reforços do clube, Diego Souza e Ibson, que estrearam no segundo tempo da vitória sobre o Palmeiras, ficam novamente como opção no banco de reservas - ambos estão fora da melhor forma física.