1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Prestes a ser vendido ao Barcelona, Douglas está nos planos de Muricy

Gonçalo Junior - O Estado de S.Paulo

22 Agosto 2014 | 17h 59

Lateral está recuperado de uma lesão muscular e tem chances remotas de jogar o clássico com o Santos domingo

Depois de revelar que a venda do lateral Douglas para o Barcelona estava concretizada, mas que o jogador ficaria por mais um ano por empréstimo, a diretoria do São Paulo recuou e o negócio está indefinido. Paralelamente, o jogador se recuperou de uma lesão na coxa esquerda e poderá participar do clássico contra o Santos, domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Como realizou apenas um treino, no entanto, as chances de atuar no Morumbi são pequenas. Paulo Miranda deve ser escalado.

"O jogador é do São Paulo. Enquanto estiver aí, eu coloco para jogar. Não tem esse negócio de segurar. Ele é nosso, não é do Barcelona. Enquanto não vem a notícia que ele está fora, vai jogar. Ele não assinou nada", afirmou o técnico Muricy Ramalho em entrevista coletiva no CT da Barra Funda nesta sexta-feira.

Felipe Oliveira
Douglas aguarda desfecho da negociação com o Barcelona

O São Paulo espera finalizar o acordo com o Barcelona até o início da próxima semana. A indefinição se refere ao momento da apresentação de Douglas. Existe a possibilidade de o lateral permanecer por mais um ano, como chegou a declarar o presidente Carlos Miguel Aidar. Essa possibilidade de empréstimo se apoia na punição imposta pela Fifa que impede o clube espanhol de contratar jogadores até 2015. Trata-se de um veto por causa da contratação de jogadores menores de idade.

Os catalães confiam que vão conseguir derrutar o veto. A situação tem de se resolver até o dia 31 de agosto, quando se fecha a janela de transferências. Muricy evita fazer projeções sobre um eventual substituto de Douglas. "Primeiro, temos de resolver essa situação. Não adianta responder isso (sobre reforços) e amanhã o Douglas ficar aqui. Pode criar uma dúvida até para o próprio atleta", afirmou o treinador.