Promessa, Douglas exibe ansiedade para estreia na elite pelo Vasco

Jovem foi um dos dois jogadores do time cruzmaltino escolhidos para a seleção do Campeonato Carioca

Estadão Conteudo

10 Maio 2017 | 13h50

O Vasco teve participação irregular no Campeonato Carioca, mas ao menos o torneio estadual foi de grande valia para Douglas. Após se destacar na Série B, o jovem volante de 19 anos se firmou de vez entre os titulares e agora vive a expectativa de participar pela primeira vez do Campeonato Brasileiro. E ele espera se destacar também na elite do futebol nacional.

"A ficha vai caindo aos poucos, até por ter pouca idade. Eu tenho procurado me adaptar o mais rápido possível. Minha expectativa é uma das melhores. Espero manter minha regularidade e que seja um dos melhores anos da minha carreira", afirmou Douglas, um dois jogadores do Vasco eleito para a seleção do Campeonato Carioca - o outro foi o goleiro Martín Silva.

Após conseguir o acesso no ano passado, o Vasco volta ao Brasileirão sob desconfiança, afinal, embora tenha vencido a Taça Rio, não foi à final do Campeonato Carioca e já está fora da Copa do Brasil. Douglas, porém, tenta passar confiança ao torcedor do clube.

"Estamos na elite do campeonato, temos que estar preparados para enfrentar qualquer equipe. Estamos trabalhando para competir de igual para igual diante de todos os adversários. Nosso foco está voltado somente para o Brasileiro. Vamos continuar trabalhando forte para termos bons resultado", disse.

O primeiro desafio do Vasco no Brasileirão será no domingo, quando visitará o Palmeiras no Allianz Parque. Douglas reconhece a força do adversário, mas garante que o time estará pronto para explorar as deficiências do oponente.

"O time todo do Palmeiras é muito bom. É o atual campeão brasileiro. A gente vem estudando o time do Palmeiras. Estamos trabalhando nos pontos fracos deles para que possamos ter mais espaço dentro de campo", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.