1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa das Confederações

'Promessas' do Taiti ganham oportunidade no América-MG

VITOR MARQUES - Enviados Especiais - O Estado de S.Paulo

23 Junho 2013 | 07h 29

Três jogadores vão fazer testes no time Sub-20 da equipe mineira

BELO HORIZONTE - Pelo menos dois jogadores da seleção do Taiti, que se despede neste domingo da Copa das Confederações contra o Uruguai, podem ter uma chance no futebol brasileiro graças a um intercâmbio que deve ser assinado entre a federação do Taiti e o América-MG. Já há um acordo verbal.

Os atletas que estão cotados a passar por um período de treinos no América são todos sub-20. Dos 23 convocados pelo Taiti, três deles se enquadram nessa categoria: o zagueiro Rainui Ariota, de 19 anos, e os atacantes Yohann Tihoni, 19, e Teanoui Tehau, 20. Teanoui Tehau é primo de Jonathan Tehau, que fez o gol do Taiti contra a Nigéria.

“A decisão de quais atletas virão para cá é técnica e da própria federação do Taiti”, disse o supervisor geral do América, Alexandre Faria. “A ideia é que pelo menos dois deles fiquem conosco, estamos com as portas abertas já depois da Copa das Confederações. Se quiserem já podem ficar aqui.”

A Federação Taitiana estuda o custo financeiro e a logística para manter dois atletas no País e promover outros pontos da parceria, que envolveria intercâmbio de treinadores, preparadores físicos e outros profissionais ligados ao futebol. Profissionais do América também poderão ir ao Taiti.

Segundo Alexandre Faria, a preocupação da federação do Taiti é investir na profissionalização do futebol do país, principalmente nas categorias de base e na formação de jogadores.

O América, que está na Série B do Brasileirão, fez contato com a federação por meio de um consultor do clube que também é agente Fifa. O contato foi feito numa reunião em Zurique, e o América ofereceu o CT.

Copa das Confederações