1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Próximo técnico da Holanda agradece 'presente' de Van Gaal

REUTERS

09 Julho 2014 | 13h 22

O futuro técnico da Holanda, Guus Hiddink, é grato pelo trabalho que o atual treinador, Louis van Gaal, tem feito na Copa do Mundo, e sente que assumir o comando dos semifinalistas, em setembro, será como aceitar um presente.

Os holandeses planejaram uma transição suave entre os técnicos --Hiddink substituirá Van Gaal no final do Mundial para a campanha da Euro 2016, antes de Danny Blind, atualmente assistente no Brasil, assumir após a competição europeia.

“O time que esta equipe técnica vai entregar depois da Copa é um presente”, disse Hiddink a respeito do trabalho de Van Gaal, que conduziu a seleção à semifinal com a Argentina na Arena Corinthians nesta quarta-feira. A Alemanha aguarda o vencedor do embate para a final de domingo.

Hiddink disse que o desenvolvimento impressionante de jogadores como Ron Vlaar, Stefan de Vrij, Jasper Cillessen e Bruno Martins Indi foi um grande incentivo para sua tarefa de classificar o time para o próximo campeonato europeu, que será sediado pela França.

“Estes jogadores não somente obtiveram mais valor para seus clubes, como também para si mesmos. Aprenderam em alguns jogos bem difíceis a encontrar soluções e aproveitá-las”, declarou ele em entrevista ao jornal Algemeen Dagblad desta quarta-feira.

“Eles voltarão para casa na semana que vem como jogadores muito melhores, e isso irá me dar uma enorme vantagem quando eu assumir a seleção. Eles trarão tudo que aprenderam na seleção e nos seus clubes”, acrescentou.

  (Por Mark Gleeson)