1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Futebol Internacional

Putin inaugura estádio do Spartak para Copa de 2018 em Moscou

Estadão Conteúdo

27 Agosto 2014 | 13h 13

A Otkrytie Arena, com capacidade para 42 mil pessoas, teve custo estimado de US$ 415 milhões e levou sete anos para ser construída

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, inaugurou nesta quarta-feira, em Moscou, o mais novo estádio concluído para a Copa do Mundo de 2018. A Otkrytie Arena, que fica ao norte da capital russa, tem capacidade para 42 mil pessoas e irá abrigar também a partir de agora os jogos do Spartak, famoso clube da cidade que é o proprietário do local.

Acompanhado pelo ministro do Esporte da Rússia, Vitaly Mutko, do prefeito de Moscou, Sergey Sobyanin, e do proprietário do Spartak, Leonid Fedun, Putin chegou ao local de helicóptero e foi recepcionado por jogadores da base e veterano da equipe russa.

Satisfeito com o que viu, Putin elogiou o estádio que demorou sete anos para ser construído e custou 15 bilhões de rublos (cerca de US$ 415 milhões). "Este estádio é digno de um dos clubes mais amados da Rússia. A construção de estádios esportivos como este ajuda a estimular o desenvolvimento do país", ressaltou o presidente, que ao deixar a Otkrytie Arena assinou uma bola de futebol que ficará exposta no museu do Spartak.

Divulgação/Spartak
Acompanhado de autoridades russas, Putin inaugura estádio do Spartak

O primeiro jogo do clube russo no estádio no qual passará a mandar os seus jogos será no próximo dia 5 de setembro, quando o time fará um amistoso contra a Red Star Belgrado. O local, que pode ter sua capacidade aumentada para 45 mil lugares se a Fifa pedir, também abrigará partidas da Copa das Confederações de 2017, o principal torneio que serve como teste para o Mundial do ano seguinte.

Futebol Internacional