1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Rafael Toloi admite desgaste com jogos seguidos do São Paulo

FERNANDO FARO - O Estado de S. Paulo

01 Setembro 2014 | 19h 37

Muricy Ramalho tem de mesclar titulares e reservas por conta de lesões e supensões durante a convergência de campeonatos 

Jogar duas vezes por semana está saindo caro para o São Paulo. Sem poder usar o time completo por causa de lesões e suspensões, o técnico Muricy Ramalho tem mesclado titulares e reservas e os últimos dias foram duros: na última quinta-feira, perdeu para o Criciúma e, no último domingo, encerrou a sua "excursão" por Santa Catarina com um empate diante do Figueirense, que derrubou o time para a terceira posição do Campeonato Brasileiro, a nove do líder Cruzeiro.

Os jogadores admitem que os jogos em sequência estão sendo prejudiciais para o grupo, mas nem por isso veem a equipe fragilizada para buscar o título do Brasileirão e também da Copa Sul-Americana.

"É desgastante essa sequência de jogos, não temos aquilo que chamamos de semana cheia para treinar. Estou me sentindo bem fisicamente, mas fui poupado no último jogo e foi importante, mas independentemente de poupar ou não, quem entra tem condições de fazer um bom papel", disse o zagueiro Rafael Toloi, que revelou um incômodo na coxa que o levou a ser poupado contra o Criciúma.

Rubens Chirii/Divulgação
Rafael Toloi e companheiros tem feito dois jogos na semana

Para a partida desta quinta contra o rival catarinense, no estádio do Morumbi, em São Paulo, a tendência é que Muricy Ramalho mais uma vez poupe alguns titulares e mande a campo uma equipe mista. O São Paulo precisa de uma vitória simples para passar de fase após ser derrotado por 2 a 1 fora.

Para Rafael Toloi, o time tricolor tem condições de reverter o resultado. "Nossa equipe vem bem, numa sequência de jogos e de vitórias. Não conseguimos vencer o Criciúma lá, mas foi uma partida fora e é sempre muito difícil jogar lá. Temos condições de ganhar aqui e conseguir a classificação", disse.