Lucas Uebel/ Grêmio
Lucas Uebel/ Grêmio

Ramiro e Edílson são poupados em treino, mas Luan pode voltar

Grêmio tem jogo decisivo contra o Corinthians nesta quarta-feira, em São Paulo

Estadão Conteúdo

17 Outubro 2017 | 16h34

O técnico Renato Gaúcho comandou um treino fechado nesta terça-feira e encerrou a preparação do Grêmio para a importante partida de quarta, contra o líder Corinthians, às 21h45, no Itaquerão, em São Paulo, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Blog do Maurício Capela: Corinthians e Grêmio, a final do Brasileiro de 2017

Quando Renato abriu os portões da atividade em Curitiba, onde o Grêmio venceu o Coritiba no último domingo, o elenco disputava um recreativo. O treinador, assim, não deu qualquer pista da escalação para encarar o Corinthians, líder da competição com nove pontos de vantagem sobre o time gaúcho.

O rachão, contudo, não teve as presenças do meio-campista Ramiro e do lateral-direito Edílson. Ainda assim, a expectativa é de que os dois tenham sido poupados somente da atividade e atuem na quarta-feira.

Quem disputava normalmente o recreativo era Luan. Completamente recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, o atacante pode ser uma importante novidade para enfrentar o Corinthians. Afinal, embora esteja sem ritmo, ele precisa readquirir a melhor forma para o primeiro duelo da semifinal da Copa Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil, no Equador, em 25 de outubro.

E a confiança para diminuir a vantagem do líder é grande. "A gente sabe que eles têm um padrão bem definido, que eles têm jogado assim o ano todo. Estudamos bastante e sabemos como eles jogam. E o nosso diferencial, como foi no último jogo, é a nossa entrega, a nossa vontade e a nossa união", afirmou o zagueiro Pedro Geromel nesta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.