Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Recuperado, Jailson deve voltar a ser reserva no Palmeiras

Goleiro que foi titular com Cuca voltar a ser relacionado na vitória sobre o Grêmio

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2017 | 07h00

Relacionado para a partida diante do Grêmio após mais de dois meses, o goleiro Jailson comemorou o fato de voltar a sentir o “clima do jogo”. Recuperado da rara lesão no quadril sofrida na disputa de pênaltis contra o Barcelona de Guayaquil, no dia 9 de agosto, o goleiro treinava normalmente e ficou no banco de reservas na vitória por 3 a 1 sobre o Grêmio, domingo.

+ Palmeiras tenta conter euforia e evita falar sobre o título após nova vitória

“É muito bom e importante estar de volta com o grupo. Voltar a sentir esse clima de jogo, a união antes das partidas, poder ajudar os companheiros. Então é mais um passo que dei e fico feliz de poder estar junto com meus companheiros novamente - festejou o camisa 14, que havia tomado a vaga de titular de Fernando Prass antes de se lesionar.

Jailson ficou dez jogos fora e deve perder a condição de titular. Nesse período, o Palmeiras trocou de treinador – hoje, Alberto Valentim é o interino, mas não tem sua efetivação confirmada. Valentim deve manter Prass como titular.

Mesmo na reserva, Jailson já faz planos para enfrentar o Cruzeiro, domingo, no Allianz Parque. “Agora é fazer mais uma boa semana de treinos para enfrentarmos o Cruzeiro e buscar mais um resultado positivo”, completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.