Red Bull Brasil/Divulgação
Red Bull Brasil/Divulgação

Red Bull bate Rio Claro em luta direta contra o descenso e ainda sonha

Jocinei garante o resultado ao marcar o único gol da partida

Estadão Conteúdo

10 Março 2015 | 22h05

O Red Bull Brasil se recuperou da humilhante goleada sofrida para o Audax - 6 a 1 - na noite desta terça-feira e manteve vivo o sonho de se classificar às quartas de final ao vencer o Rio Claro, por 1 a 0, no Estádio Augusto Schimidt, pela nona rodada do Campeonato Paulista. Jocinei foi o autor do único gol da partida.

Reabilitado, o Red Bull chegou aos 11 pontos, se distanciou da zona de rebaixamento e está na quarta colocação do Grupo A, com quatro pontos a menos que o Mogi Mirim, vice-líder. Pior para o Rio Claro, que estacionou nos oito e amarga a lanterna do Grupo B, além de continuar próximo da degola.

O primeiro tempo foi bastante estudado e com poucos lances de perigo. Na melhor chance, o time da casa quase abriu o placar com Paulinho. O atacante fez jogada individual e finalizou no ângulo de Juninho, que se esticou todo e fez linda defesa. A primeira e única chegada do Red Bull ocorreu aos 37 minutos. Jocinei recebeu na entrada da área e na hora de chutar mandou por cima do travessão.

A etapa final começou mais movimentada, com os dois times criando boas chances. O Red Bull quase abriu o placar por meio de Isac, que recebeu dentro da área e bateu rasteiro, mas Richard defendeu com os pés.

Na sequência, Bruno Catanhede arriscou e Juninho salvou os campineiros. Quem não faz, toma. Aos 34 minutos, Jocinei arriscou de fora da área e mandou no cantinho, sem chances para o goleiro do Rio Claro. Nos minutos finais, os donos da casa pressionaram, mas não conseguiram o empate.

O Rio Claro volta a campo no próximo domingo, contra o São Bernardo, às 18h30, no Estádio 1.º de Maio, em São Bernardo do Campo, pela décima rodada. No sábado, o Red Bull tem pela frente o Corinthians, às 16 horas, no Itaquerão, em São Paulo.

FICHA TÉCNICA

RIO CLARO 0 x 1 RED BULL BRASIL

RIO CLARO - Richard; Vinícius Bovi (Carlinhos), Pitty, Renan Diniz e Renan Luis; Alê, Nando Carandina, Nenê Bonilha (Guaru) e Jeferson Paulista (Bruno Catanhede); Paulinho e Macena.

Técnico - Buião.

RED BULL BRASIL - Juninho; Everton Silva, Anderson Marques, William Magrão e Romário; Jocinei, Carlinhos, Lulinha (Gustavo Scarpa) e Raul (Marcelo); Allan Dias (Wilson Júnior) e Isac.

Técnico - Marcelo Barbieri.

GOL - Jocinei, aos 34 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Douglas Marques das Flores.

CARTÕES AMARELOS - Macena (Rio Claro); Romário (Red Bull).

RENDA - R$ 21.620,00.

PÚBLICO - 3.458 pagantes.

LOCAL - Estádio Augusto Schimidt, em Rio Claro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.