1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Reforçado pelo meia Kaká, São Paulo treina em Florianópolis

Estadão Conteúdo

29 Agosto 2014 | 20h 41

Experiente jogador se junta aos companheiros para o complicado compromisso com o Figueirense, que não perde há cinco rodadas

Um dia após ser derrotado pelo Criciúma por 2 a 1, em duelo válido pela Copa Sul-Americana, o São Paulo iniciou a preparação para o confronto com o Figueirense, pelo Campeonato Brasileiro, reforçado por três jogadores: o zagueiro Rafael Toloi, o meia Kaká e o atacante Osvaldo.

Os três jogadores não participaram do jogo contra o Criciúma, quando o técnico Muricy Ramalho poupou vários titulares, e inclusive permaneceram em São Paulo. Porém, nesta sexta-feira, eles deixaram a capital paulista e seguiram para Florianópolis, onde vão reforçar o time na partida da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No Estádio da Ressacada, os titulares na derrota para o Criciúma, no interior de Santa Catarina, fizeram apenas um trabalho regenerativo, supervisionados pelo preparador físico Zé Mário, que começou com um alongamento e terminou com uma corrida em volta do campo. Enquanto isso, o restante do elenco, reforçado pelo trio, treinou com bola, aprimorando a parte técnica.

Clayton de Souza/Estadão
Kaká será o cérebro do time em Florianópolis com a ausência de Ganso

Assim, ainda não é possível saber quem vai entrar em campo no próximo domingo diante do Figueirense. Certo mesmo é que o lateral-esquerdo Alvaro Pereira, o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Alexandre Pato, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, vão desfalcar o São Paulo, assim como o zagueiro Antonio Carlos e do atacante Luis Fabiano.

Em São Paulo, ao lado de Antonio Carlos e de Luis Fabiano, que aprimoram a forma física após se recuperarem de uma contratura na panturrilha esquerda e um estiramento na região posterior da coxa direita, respectivamente, além do goleiro Léo, Ganso fez um leve trabalho físico, que foi complementado com treino com bola, de finalizações.

Depois, no Reffis, o meia fez um exercício no aparelho isocinético. O trabalho, utilizado para ajudar no equilíbrio muscular e nível de força, foi supervisionado pelos fisioterapeutas Ricardo Sasaki e Alessandro Pereira. 

Ganso ficou de fora do confronto com o Criciúma devido ao cansaço muscular e o risco de lesão. A expectativa da comissão técnica é para que ele retorne no jogo de volta com o Criciúma, na próxima semana.