Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Renato define relacionados do Grêmio para jogo da Recopa sem Arthur e Madson

Tricolor gaúcho enfrenta o Independiente nesta quarta-feira, em Buenos Aires, pelo duelo de ida do confronto

Estadão Conteúdo

12 Fevereiro 2018 | 15h18

O Grêmio realizou na manhã desta segunda-feira o último treino em Porto Alegre antes do duelo contra Independiente, em Buenos Aires, no jogo de ida da decisão da Recopa Sul-Americana. O técnico Renato Gaúcho fechou a primeira parte da atividade para a imprensa e depois divulgou a lista de relacionados.

+ Grêmio recebe multa da Conmebol de R$ 368 mil por criar vídeo contra arbitragem

A surpresa ficou por conta da ausência do volante Arthur e do lateral-direito Madson. Arthur vinha treinando normalmente com elenco após se recuperar de lesão, mas no trabalho desta segunda sentiu o tornozelo após dividida com Michel.

Ele chegou a mancar em campo, mas depois conseguiu seguir no treino até o final. Apesar de não ter sido nada, o técnico Renato Gaúcho achou melhor não colocá-lo na lista de 25 jogadores convocados para a partida.

O recém-contratado Madson reclamou de dores musculares na coxa esquerda nesta segunda-feira e foi cortado. Com isso, Léo Moura deve ser deslocado para o lado direito e Alisson entrará no meio-campo.

A delegação do Grêmio desembarca nesta segunda-feira em Buenos Aires e na terça-feira treinará na Casa Amarela, cedida pelo Boca Juniors. O primeiro jogo da Recopa Sul-Americana acontece às 22 horas (de Brasília) de quarta-feira.

Confira a lista de relacionados do Grêmio:

Goleiros: Marcelo Grohe e Paulo Victor.

Laterais: Cortez, Léo Moura, Leonardo Gomes e Marcelo Oliveira.

Zagueiros: Bressan, Geromel, Kannemann e Paulo Miranda.

Volantes: Jaílson, Kaio, Maicon e Michel.

Meias: Cícero, Lima, Maicosuel e Thaciano.

Atacantes: Alisson, Everton, Jael, Luan.

Mais conteúdo sobre:
Renato Gaúcho Grêmio Recopa futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.