Renato diz que Grêmio 'jogou muita bola' e celebra virada na Copa do Brasil

Segundo o treinador, time gaúcho poderia ter vencido por mais gols

Estadão Conteúdo

18 Maio 2017 | 10h46

Atual campeão da Copa do Brasil, o Grêmio levou um grande susto no início da defesa do título ao levar um gol de Renato Chaves logo aos cinco minutos do primeiro tempo. Mas depois deu uma demonstração de força ao conseguir a virada e derrotar o Fluminense por 3 a 1, na Arena Grêmio, na noite de quarta-feira, no jogo de ida das oitavas de final. Satisfeito, o técnico Renato Gaúcho exaltou a atuação da equipe após um início de jogo complicado.

"Nos primeiros 15, 20 minutos, o Grêmio deu bastante espaço para o Fluminense e eles se aproveitaram. Depois, o Grêmio tomou as rédeas do jogo e o segundo tempo foi bem melhor. Poderíamos ter vencido por mais gols. Mas é sempre difícil sair perdendo e virar o jogo. Mas o Grêmio jogou muita bola a partir dos 20 minutos", disse.

Renato também destacou o peso do resultado conquistado pelo Grêmio, que poderá perder o jogo de volta, agendado para 31 de maio, no Maracanã, por um gol de diferença para avançar na Copa do Brasil. "Não é nada fácil virar para 3 a 1 sobre o Fluminense, um time muito bem treinado", elogiou.

Após o triunfo sobre o Fluminense, o Grêmio volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O time volta a jogar no próximo domingo, quando vai visitar o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, pela segunda rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.