Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato exalta Grêmio em empate com Corinthians e evita se 'desligar' do Nacional

Para treinador, equipe está se fortalecendo no momento decisivo das competições

Estadão Conteúdo

19 Outubro 2017 | 11h22

O técnico Renato Gaúcho elogiou o desempenho do Grêmio no empate em 0 a 0 com o Corinthians, nesta quarta-feira, no Itaquerão, pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador destacou a dificuldade por enfrentar o líder do Nacional dentro de seus domínios, mas comemorou a personalidade da equipe e também o retorno de alguns jogadores importantes do elenco, caso do atacante Luan, recuperado de lesão,

+ Jogadores do Corinthians destacam ter evitado aproximação do Grêmio

"Não fez as partidas brilhantes que havia feito há um mês, um mês e meio atrás, mas o Grêmio voltou a ser forte. Fico feliz com isso. Temos a volta do Luan, vamos ter a volta de mais jogadores. Então, o Grêmio está ficando muito forte em um momento decisivo no Brasileiro e na Libertadores. Queria a vitória, não deu. Mas estou feliz", enfatizou o treinador gremista.

Renato Gaúcho garantiu que o Grêmio não irá abandonar o Brasileirão e revelou ter esperança em uma possível virada na tabela. Mas reconheceu que a luta pelo título da Copa Libertadores e os próximos adversários na competição nacional dificultam o caminho do time no Nacional.

"Não (está definido). Faltam nove rodadas, 27 pontos (em disputa) e já muita coisa acontecer no futebol. Por isso, a gente nunca se desligou do Campeonato Brasileiro e vamos continuar não nos desligando, só que temos uma partida importante na próxima quarta-feira (contra o Barcelona, em Guayaquil). O Grêmio é o único representante do futebol brasileiro que está na Libertadores", projetou Renato.

Antes de iniciar a disputa das semifinais da Libertadores, na quarta-feira da semana que vem, diante da equipe equatoriana, o Grêmio voltará a campo no próximo domingo, em Porto Alegre, às 17 horas, para enfrentar o Palmeiras pela 30.ª rodada do Brasileirão. O time gaúcho chegou aos 50 pontos no Nacional, nove atrás do líder Corinthians.

Mais conteúdo sobre:
futebol Grêmio Renato Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.