Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato exalta vitória do Grêmio com time desfalcado e minimiza futebol sem brilho

Treinador diz que, na pior das hipóteses, Grêmio buscará vaga na Libertadores

Estadão Conteúdo

02 Outubro 2017 | 10h26

Mesmo com o time desfalcado de sete jogadores considerados titulares, o Grêmio venceu o Fluminense por 1 a 0, neste domingo, em casa, e chegou aos 46 pontos na terceira posição do Campeonato Brasileiro. Assim, o time reduziu para nove a desvantagem em relação ao líder Corinthians, que em outro duelo deste domingo empatou por 1 a 1 com o Cruzeiro, em Belo Horizonte.

Após o confronto em Porto Alegre, o técnico Renato Gaúcho enalteceu o poder de superação do time gremista, que superou o alto número de baixas e saiu de campo vencedor mesmo sem jogar um grande futebol.

"O mais importante de tudo foi que nós conquistamos mais uma vitória, ganhamos mais três pontos, e o nosso objetivo é estar sempre lá em cima e, na pior da hipóteses, brigar por uma vaga na Libertadores", afirmou o comandante, em entrevista coletiva, na qual também minimizou o fato de a sua equipe não ter brilhado como em outras partidas deste Brasileirão.

"Muitas vezes ouço as pessoas falarem que o Grêmio não vem jogando um futebol maravilhoso. Como, de que jeito? É impossível. Você perde 70% do time e quer que jogue da mesma forma? A gente faz o possível. Se não der para jogar bonito, a gente joga feio e ganha jogos", enfatizou.

Neste duelo diante do Fluminense, o treinador não pôde contar com o lateral-direito Edílson, e o atacantes Fernandinho, Lucas Barrios, Luan e o volante Michel, todos lesionados. Para completar, não teve também a dupla de zaga formada por Kannemann e Bressan, que estavam suspensos.

"A gente vem tendo muitos problemas de lesão sim, não é fácil. Realmente são muitas lesões, mas não adianta ficar aqui explicando e agora é curtir a vitória. O meu grupo agora vai ter dois dias de folga e, quando voltar, a gente vê se tira em definitivo (os jogadores do departamento médico) para retornarem para o próximo jogo", disse Renato, projetando o duelo diante do Cruzeiro, no dia 11 de agosto, novamente em Porto Alegre, quando o Brasileirão será retomado após pausa forçada pela disputa de rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.