Leonardo Benassatto/Reuters
Leonardo Benassatto/Reuters

Ricardo Oliveira não liga para críticas e destaca primeira colocação do Santos

'Nós nos cobramos muito. Aqui tem muita qualidade", afirma atacante

O Estado de S.Paulo

24 Maio 2017 | 00h03

O Santos goleou o Sporting Cristal, do Peru, por 4 a 0, nesta terça-feira, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, e terminou o Grupo 2 da Copa Libertadores na liderança, de forma invicta, com 12 pontos. Apesar disso, o time vinha recebendo críticas pelos resultados de jogos anteriores - especialmente a eliminação nas quartas de final do Campeonato Paulista para a Ponte Preta.

Autor do segundo gol santista na partida, o centroavante Ricardo Oliveira preferiu não ligar para estas críticas e exaltou a colocação obtida pelo Santos na Libertadores. "Era importante terminarmos em primeiro do grupo. As críticas são normais. Nós nos cobramos muito. A gente vai retomar o bom futebol. Aqui tem muita qualidade", afirmou.

Artilheiro da noite com dois gols - três nos últimos dois jogos -, o zagueiro David Braz vê o Santos mais confiante em campo. "A gente procura ficar bem posicionado. Estou sentindo a equipe confiante. Mostra que o trabalho vem sendo bem feito", comentou.

Agora o Santos espera o sorteio da Conmebol, em junho, para saber qual segundo colocado de algum dos outros sete grupos será o seu adversário nas oitavas de final, que serão jogadas a partir de julho. Neste domingo, o time encara o Cruzeiro, novamente na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.